in

Vai tomar Ivermectina? Não use sem saber disso antes

Saiba mais sobre o que pode acontecer no organismo de uma pessoa que toma doses maiores que as recomendadas de Ivermectina.

Reprodução Globo / Pixabay
Publicidade

A Ivermectina é um medicamento que deve ser tomado em dose única, sendo que a dosagem correta é calculada de acordo com a idade, peso e estatura de cada indivíduo. Mas, como muitas pessoas compram facilmente esse remédio nas farmácias e na maioria das vezes tomam sem orientação, acabam usando doses erradas.

Doses baixas de Ivermectina são insipientes e não representam risco em caso de automedicação. Porém, um grande perigo para a saúde é o abuso do uso de Ivermectina por pessoas que tomam sem orientação médica ou farmacêutica.

Saiba tudo sobre a Ivermectina e a relação com a Covid

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Superdoses de Ivermectina são muito perigosas para a saúde, podendo causar efeitos gravíssimos, principalmente em crianças e idosos. Os principais efeitos no organismo em caso de abuso de Ivermectina são:

  • Reações fortes de alergia e hipersensibilidade com erupções na pele e coceira intensa;
  • Ataxia (perda do controle muscular voluntário);
  • Falta de ar intensa;
  • Desmaios e convulsões.

Algumas pessoas que sofrem intoxicação por superdosagem de Ivermectina necessitam de internação rápida para realização de lavagem intestinal. Em casos em graves pode ocorrer necessidade de entubação para ventilação mecânica e administração de eletrólitos via sonda.

Alguns efeitos colaterais causados pela intoxicação e envenenamento por superdose de Ivermectina ainda são desconhecidos em humanos, mas em estudos em animais existe grande incidência de morte. Por isso é fundamental evitar a automedicação de Ivermectina e tomar doses certas e recomendadas por médicos e farmacêuticos.

Publicidade
Publicidade
Evandro

Escrito por Evandro

O mundo do entretenimento é a minha vida.