in

Cachorrinha abandonada entra em carro com porta aberta e acaba sendo adotada: ‘nos apaixonamos’

Abandonada e com muita fome, a cachorrinha entrou no carro e deu a sorte do motorista amar animais.

Angela Shaver
Publicidade

Uma cachorrinha que morava nas ruas de Missouri, nos Estados Unidos, acabou conseguindo um lar de uma maneira bem inusitada. Bill Shaver havia ido pescar em um rio da cidade e decidiu parar em um posto de combustível para ir ao banheiro. Por ser uma parada rápida e também ser uma prática comum no estado, Bill deixou a porta do carro aberta.

Quando retornou para o veículo se deparou com uma simpática vira-lata sentada no banco do passageiro e abanando o rabo timidamente. Vendo o animal, Bill se deu conta que ela não tinha dono e decidiu levá-la com ele.

Ao chegar em casa, sua esposa deu um banho na nova amiga e lhe alimentou com ração. O casal levou a cachorrinha ao veterinário e descobriram que ela estava com vermes, pulgas e tinha ferimentos na cabeça e pescoço por conta de luta com outros cães, possivelmente para se defender nas ruas.

Publicidade

Bill e sua esposa Angela decidiram adotar a cachorrinha e lhe batizaram com o nome de River. Além de ganhar um lar, comida e muito amor, River ainda tem três irmãos de quatro patas que já viviam com o casal. Bill e a esposa estão muito felizes com a nova companheira, que escolheu o carro certo para entrar.

Publicidade
Publicidade

Apesar do final feliz de River, nem sempre os animais abandonados podem contar com pessoas boas para alimentá-los e adotá-los. Se por um lado o número de adoções de cães e gatos aumentou durante a quarentena da pandemia em vários países, inclusive no Brasil, por outro, o número de animais abandonados também cresceu assustadoramente.

Muita gente os abandonou por pensar que poderiam transmitir o coronavírus para humanos, fato desmentido por veterinários, OMS e médicos que trabalham na linha de frente do combate a Covid-19 de diferentes países, já que não existe nenhuma prova sobre isso.

Dos animais que foram abandonados, menos da metade consegue uma vaga em um abrigo para esperar por um lar, e dos que estão abrigados, muitos jamais serão adotados, seja por serem idosos, enfermos ou por comportamentos traumáticos adquiridos nas ruas.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Guti M

Escrito por Guti M

Redator de entretenimento e curiosidades