in

Após passado de pobreza e adversidades, idoso de 96 anos se forma na faculdade

O idoso se tornou um exemplo para todos os alunos e para o reitor, uma vez que se formou como o primeiro da turma.

Reuters/Guglielmo Mangiapane
Publicidade

Qual a idade máxima para se realizar um sonho? Há quem estipule prazos para tudo na vida, limitando suas chances de obter êxito em sua jornada. Felizmente, nem todo mundo faz isso e esse é o caso do italiano, Giuseppe Paterno.

Há três anos, quando tinha 93 anos, decidiu que iria fazer um curso superior de história e filosofia. Giuseppe pensou que poderia estar com uma idade avançada demais para iniciar um curso com duração de três anos, mas prometeu a si mesmo que conseguiria, e assim o fez.

Muito mais do que cursar a faculdade pela primeira vez após os 90 anos, Giuseppe optou por realizar todos os trabalhos acadêmicos utilizando uma máquina de escrever que ganhou de sua mãe, bem como não quis a facilidade dos textos prontos da internet e fez todas as suas pesquisas em livros.

Publicidade

A dedicação do idoso lhe rendeu mais do que um diploma, mas também o título de melhor de aluno da turma, com notas impecáveis durante todos os semestres. Giuseppe tornou-se um exemplo para os demais alunos da faculdade e recebeu elogios do chanceler da universidade, Fabrizio Micari.

Publicidade
Publicidade

Giuseppe se formou na semana passada e está muito feliz por ter conseguido realizar esse sonho, após passar quase toda a vida trabalhando como ferroviário e tendo um passado marcado pela pobreza, adversidades e a guerra.

Agora ele é historiador e filósofo e declara com alegria: “O conhecimento é como uma mala que eu carrego comigo, é um tesouro“. Um bom exemplo a ser seguido nos dias atuais por pessoas de todas as idades, em especial quem acha que é tarde demais para recomeçar e vencer.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Guti M

Escrito por Guti M

Redator de entretenimento e curiosidades