in

Mulher vira um mito da internet com seu jeito de se vingar; ninguém imaginou que ela faria isso

Ela descobriu a traição do marido e se vingou de um jeito diferente e criativo, conquistando fãs e viralizando rápido nas redes sociais!

Reprodução: O Segredo
Publicidade

Durante a vida, algumas pessoas acabam experimentando a dor de uma traição e cada um reage a isso com suas particularidades, a depender da sua personalidade. Muitas mulheres traídas acabam chorando por alguns dias, outras largam o marido, algumas chegam a cometer crimes. Mas esta mulher tem uma personalidade vingativa e extremamente criativa. Veja o que ela fez!

A maneira que essa mulher encontrou de se vingar do ex-marido foi tão inusitada que se tornou viral nas redes e acabou tornando-a um símbolo entre as mulheres, um verdadeiro mito da vingança. A chave de tudo foi um presente que havia recebido do ex.

Tratava-se de uma pulseira. Como toda mulher traída, ela queria se livrar de tudo o que foi ganho dele ou o lembrava de alguma forma. Ela chamou o item de “pulseira da traição” e o colocou à venda na internet. Os detalhes da peça foram relacionados com o ato do marido e a descrição do produto para venda ficou bem criativa, chamando a atenção de grandes portais de notícias pelo mundo.

Publicidade

Ela declarou estar vendendo a pulseira que teria sido “preparada cuidadosamente” pelo homem enquanto a traía com outra. Segundo ela, uma bugiganga não valia uma traição. Veja como ficou a descrição do produto na web:

Publicidade
Publicidade
  • Fecho de ouro para manter a peça mais segura que nossa relação;
  • Hipopótamo que não se parece comigo, perdi muito peso com todo esse estresse;
  • Criancinhas, como as que ele queria ter antes dos 30 anos, mas eu não;
  • Coração flechado, que simboliza bem a minha dor quando descobri a traição;
  • Ursinho de edição limitada, assim como a natureza da minha confiança nele;
  • Noivos dançando, mas ele nunca gostou de dançar;
  • Berloc – juntos para sempre – só que não.

A mulher ainda terminou o anúncio vingativo dizendo que aceitava pagamento eletrônico ou cartão, mas que “lágrimas da inimiga” não seriam uma forma de pagamento legítima.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade