in

‘Quem é Aline?’, pergunta mulher ciumenta ao acordar, logo após ser traída em seu sonho

Uma mulher com ciúmes exagerados sonhou que foi traída e ficou revoltada. Confira mais esse print viral das loucuras que aparecem na internet.

Reprodução / Gera Ligado
Publicidade

O ciúme é normal e até saudável para qualquer relacionamento, desde que tenha limites. Mas, é exatamente aí que mora o problema, pois muitas pessoas passam da conta quando o assunto é ciúme da pessoa amada.

Essa é mais uma daquelas histórias hilárias para quem está de fora, mas que dentro dos relacionamentos, são abusivas e também seriam cômicas, se não fossem trágicas. Um homem passou por uma grave crise em seu relacionamento pela falta de limites nos ciúmes da parceira. A mulher ficou muito revoltada por uma traição, porém que só aconteceu no seu próprio sonho!

A conversa pelo aplicativo de mensagens WhatsApp começa normalmente, com a mulher dizendo que sonhou com o namorado. Porém, a coisa começa a tomar um maior vulto no meio do caminho. Ao ser indagada a respeito do teor do sonho, a mulher começou a dar indícios de que estava muito brava.

Publicidade

O rapaz, então, que acreditava se tratar de um sonho romântico, começa a ficar perdido na conversa. Ela conta que, no sonho, o namorado cometia uma traição. Ele envia uma carinha de tristeza, demonstrando que não ficaria confortável em uma situação dessas, no mundo real.

Publicidade

Apesar disso, a moça vai além e pergunta para o jovem como a traição aconteceu. Ele, sem palavras, parece não saber que se trata, mas ela responde que deseja uma explicação sobre o sonho. “ué, o sonho é seu”, diz o homem, completamente perdido.

Nesse momento, a mulher se revolta e pergunta quem era a outra mulher do sonho, Aline, com quem o namorado tinha vivido a aventura. O rapaz diz não saber de quem se trata, afinal era tudo um sonho, mas a moça não está satisfeita, nem calma. Veja na imagem a que ponto chegou a conversa, que envolveu até palavrões.

O rapaz capturou imagens da tela dessa história inacreditável. Se não fosse por esses prints, ninguém acreditaria até que ponto o ciúme pode chegar.