in

Homem navega 3 meses sozinho para encontrar a família durante a pandemia

Os aeroportos estavam fechados e a única maneira de sair do país era sozinho de barco.

IG
Publicidade

A qual extremo você seria capaz de chegar para poder ver novamente sua família? Um homem foi capaz de atravessar o Oceano Atlântico para poder encontrar seus pais. O argentino Juan Manuel Ballestero, de 47 anos, faria de tudo para ver seus pais novamente e não teve medo de viajar sozinho em alto mar.

Foram 3 meses em alto mar 

A pandemia de coronavírus fez com que muitas pessoas ficassem presas em outros países. Isso porque era o início do ano, época de férias escolares quando os aeroportos começaram a ser fechados e ninguém conseguia sair ou entrar nos países. Juan estava no arquipélago português de Madeira e com o avançar do coronavírus ficou com medo de não ter mais oportunidade de ver seus pais com vida.

O pai do homem se chama Carlos e possuem 90 anos, sua mãe se chama Nilda e tem 82 anos. O casal vive no Mar del Plata, na Argentina, e por fazerem parte do grupo de risco tem se mantido em isolamento. Ballestero viajou por três meses no mar para encontrar sua família.

Publicidade

Ele planeja escrever um livro sobre as aventuras da viagem

Ele saiu de Portugal em 24 de março e navegou por três meses em seu barco casa, um veleiro híbrido que ele havia comprado para fazer as três aventuras e que servia de casa. Ele sabia que essa seria uma viagem muito difícil, apesar de ter feito o percurso antes, ele entendia que não poderia parar nos portos para se abastecer por isso ele navegou ininterruptamente durante todo esse tempo sua única previsão de parada era em Cabo Verde, Costa da África, mas o portão estava fechado e não deixaram entrar.

Publicidade
Publicidade

A comida era escassa, o combustível era pouco, e chegou o fim, ele ficou 10 dias parado sem combustível até que os ventos o direcionar até em casa. Além disso, ele foi perseguido por piratas, mas conseguiu se desviar.

A maior alegria de Juan foi chegar em casa e poder abraçar seus pais, após três meses navegando e passando dificuldades no mar ele finalmente concluir seu objetivo. Agora seu planejamento é escrever um livro sobre suas aventuras.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Tatiane Braz

Escrito por Tatiane Braz

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática. Faça contato comigo: tatianebraz1998@gmail.com