in

Depois de gafanhotos, cobras venenosas que voam aparecem no sul da Ásia

Os animais estão sendo estudados pelos cientistas e são extremamente fascinantes.

Abril
Publicidade

Quem nunca ouviu o ditado popular que diz que Deus não dá asa à cobra, que atire a primeira pedra. O ditado aponta que cobras não voam, mas cientistas descobriram uma espécie rara de cobras venenosas que voam e nem precisam de asas para realizar tal feito. As Chrysopelea Paradisi são cobras extremamente venenosas, que estão sendo estudadas pelos cientistas por sua incrível habilidade de voar.

Cientistas estudam as cobras voadoras

Os cientistas da Universidade de Virgínia, nos Estados Unidos, estão se aprofundando nos conhecimentos sobre a cobra que foi descoberta recentemente no sul da Ásia, a cobra consegue saltar de árvore em árvore e, durante os momentos que está no ar, ela se mantém estável, realizando movimentos com o corpo.

O movimento realizado pelos répteis já foi observado em 7 animais da espécie, algumas cobras foram gravadas fazendo voos em árvores de mais de 15 metros de altura, elas saltam e conseguem ficar no ar por minutos. Isso foi gravado por câmeras que estavam perseguindo as cobras asiáticas.

Publicidade

Trata-se de uma possível seleção natural

Os especialistas que acompanham o estudo disseram que as cobras fazem um tipo de ondulação no corpo quando estão no ar; e essa ondulação é parecida com o movimento de rastejar que elas fazem na terra, mas o esforço físico delas é muito maior.

Publicidade

Os estudiosos acreditam que essa característica das cobras é um tipo de seleção natural, pois elas estão em vantagem sobre as outras cobras, já que conseguem escapar de um predador voando ou desferindo um veneno mortal; as outras cobras só têm o veneno ou a força de estrangulamento para sua defesa.

Publicidade
Tatiane Braz

Escrito por Tatiane Braz

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática. Faça contato comigo: tatianebraz1998@gmail.com