in

Trombose: doença é grave e pode matar; conheça o problema que fez Antitta ser internada às pressas

Entenda a gravidade da doença, sintomas e como é possível prevenir com dicas simples.

G1
Publicidade

A cantora Anitta deu um grande susto em seus fãs ao revelar que estava internada em um hospital. A famosa deu entrada na unidade nesta quinta-feira, 25 de junho, para fazer o tratamento de uma grave doença. Ela foi diagnosticada com trombose em uma das suas pernas.

Contudo, a cantora fez questão de tranquilizar os fãs dizendo que apesar de tudo esta passando bem. Segundo a funkeira, ela já vai receber alta na sexta-feira. “Estou no hospital, estou internada, mas estou bem, e vou ter alta amanhã. O que eu tive foi uma trombose que já começou a ser tratada. Para quem o que é trombose, sabe o perigo que é essa doença”, disse Anitta através de sua rede social.

Entenda o que é trombose

A doença é séria e precisa ser tratada da forma adequada, pois pode evoluir para um quadro mais grave e levar a óbito. Geralmente, a enfermidade acomete pessoas que ficam sentadas por muito tempo. A trombose venosa é um trombo, ou seja, um coágulo de sangue que acaba se formando na veia.

Publicidade

Normalmente a doença começa nas pernas. O sangue fica grosso aumentando o risco de entupimento de uma artéria ou veia. No entanto, o problema não está restrito as pernas, o sangue que engrossa lá pode acabar bloqueando a circulação sanguínea no pulmão, o que é conhecido como embolia pulmonar.

Publicidade
Publicidade

Pessoas que viajam e ficam muito tempo sentadas pode ter a síndrome do viajante, que é a trombose causado por muito tempo nessa posição, em que as pernas ficam para baixa e paradas por um longo período. A falta de movimentação promove uma piora na circulação sanguínea.

Os sinais da doença são: somente uma perna inchada, dor na região, sensação de peso, alteração de cor (a perna pode ficar meio azulada) e perna quente. Ficar muito tempo com a perna parada pode acabar provocando a doença. Além disso, uso de hormônios, gravidez, tabagismo e hereditariedade estão entre os facilitadores da enfermidade.

A boa notícia é que se pode prevenir a trombose fazendo uso de algumas dicas simples. Tomar água, procurar movimentar as pernas enquanto estiver sentado e o uso de meia elástica também ajudam a evitar a doença.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade