in

Bolsonaro cita Collor e faz anúncio muito importante para os mais pobres

Presidente anunciou sanção de Projeto de Lei que permite doação de alimentos.

Marcos Correa
Publicidade

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) usou sua conta oficial no Twitter, na tarde desta quarta-feira (24), para fazer um anúncio muito importante, especialmente aos mais necessitados do Brasil. Bolsonaro sancionou lei de combate ao desperdício de alimentos.

Em seu post, Bolsonaro citou o senador Fernando Collor, autor do Projeto de Lei (PL) 1194/20. Collor, para quem não se lembra, foi presidente do Brasil entre 1990 e 1992, quando sofreu processo de impeachment e foi impedido de concorrer a cargos públicos por oito anos. Em 2006, Collor foi eleito senador por Alagoas.

“Sancionamos a lei de combate ao desperdício de alimentos (PL1194/20 – Senador Collor), que permite aos estabelecimentos, de forma direta ou em colaboração com o poder público, instituições de caridade ou igrejas, fazer doações gratuitas e isentas de encargos aos mais carentes”, escreveu o presidente da República.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Antes da lei, restaurantes jogavam comida fora, mas não podiam doar a moradores de rua, por exemplo, nem a entidades de caridade, como igrejas. Agora, essas entidades poderão fazer acordo com restaurantes para usar alimentos que sobraram em ações sociais.

Bolsonaro disse ainda que a medida estimula o espírito solidário entre a população brasileira. Collor agradeceu Bolsonaro. “Obrigado, presidente Jair Bolsonaro, por sancionar sem vetos nosso projeto de combate ao desperdício e incentivo à doação de alimentos. Com essa medida de grande alcance social, o Estado brasileiro atenta para as necessidades dos mais carentes”, afirmou.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!