in

Praga bíblica? Nuvem de gafanhotos causa devastação e se aproxima do Brasil

Vídeo mostra nuvem de gafanhotos que destruiu lavouras no Paraguai e chegou à Argentina.

Divulgação Governo da Província de Córdoba
Publicidade

Uma das históricas bíblicas mais marcantes é a das dez pragas lançadas sobre o Egito. A história está registrada no livro de Êxodo, escrito por Moisés. O povo hebreu era mantido escravo no Egito e foi liberto por Deus. Moisés foi o grande líder desse momento. Nos versículos 13 e 14 do capítulo de Êxodo, detalhes da oitava praga, a nuvem de gafanhotos, são revelados.

“Moisés estendeu a vara sobre o Egito, e o Senhor fez soprar sobre a terra um vento oriental durante todo aquele dia e toda aquela noite. Pela manhã, o vento havia trazido os gafanhotos, os quais invadiram todo o Egito e desceram em grande número sobre toda a sua extensão. Nunca antes houve tantos gafanhotos, nem jamais haverá”, diz o texto bíblico.

Nesta terça-feira (23), muita gente se lembrou do relato bíblico devido à nuvem de gafanhoto que passou pelo Paraguai, chegou à Argentina e pode entrar no Brasil nos próximos dias. O governo argentino afirmou que os gafanhotos não causam danos diretos aos seres humanos, mas podem destruir plantações.

Publicidade

No Paraguai, os insetos destruíram lavouras de milho. A capacidade de destruição é muito grande. Juntos eles podem consumir quantidade de pasto equivalente ao consumo de 350 mil pessoas e 2 mil vacas. Na Argentina, as regiões afetadas são Chaco, Formosa e Santa Fé. Estes locais produzem mandioca e cana-de-açucar.

Publicidade
Publicidade

Rio Grande do Sul e Santa Catarina são os locais que podem ser afetados pelo gafanhotos. “Ainda não temos muita certeza do que vai acontecer, se eles vão entrar aqui ou não, mas já estamos conversando com produtores sobre o assunto”, afirmou o engenheiro agrônomo Daniel da Costa Soares, da Emater de Uruguaiana, no Rio Grande do Sul.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br