in

Bolsonaro tem mais uma atitude polêmica, após Brasil atingir 50 mil mortes por Covid-19

Neste domingo, país chegou oficialmente a marca de 50 mil mortes em decorrência da doença causada pelo novo coronavírus.

Metrópoles
Publicidade

O Ministério da Saúde atualizou os dados sobre a Covid-19 no Brasil e os números são estarrecedores. De acordo com o órgão oficial do Governo Federal, mais de 50 mil pessoas morreram em decorrência da doença causada pelo novo coronavírus. O país é o segundo em número de óbitos, atrás apenas dos Estados Unidos.

De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil registrou 641 novas mortes de sábado para domingo e chegou a marca de 50.617. Os Estados Unidos lideram o ranking de mortes com 119.868, como mostra a Universidade Johns Hopkins. Em número de casos, o Brasil tem 1,085 milhão. Desse total, quase 550 mil pessoas já se recuperaram da Covid-19.

O estado que registra o maior número de mortes é São Paulo, com 12.588. Em seguida, aparecem Rio de Janeiro (8.875), Ceará (5.523), Pará (4.583) e Pernambuco (4.234). O Amazonas é o sexto no ranking de mortes no país, com 2.657 óbitos. O estado que menos registrou mortes por Covid-19 é o Mato Grosso do Sul, com apenas 45 óbitos.

Publicidade

Diante do número alto de mortes, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se mantém em silêncio. O chefe do Executivo foi muito criticado nas redes sociais por não ter se manifestado e prestado condolências às famílias que perderam entes queridos. no Twitter, por exemplo, muitos internautas criticam o silêncio de Bolsonaro.

Publicidade
Publicidade

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, Bolsonaro tem sido criticado por atitude consideradas polêmicas. Em março, por exemplo, ele discursou em rede nacional de rádio e de televisão e usou os termos “gripezinha” e “resfriadinho” para se referir à Covid-19. O presidente estava ironizando o médico Drauzio Varela, que trabalha para a Rede Globo.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br