in

Governo Federal prevê salário mínimo menor em projeção de reajuste

Apesar da possível diminuição do valor, ela não representará perda do poder de compra.

IG
Publicidade

O salário mínimo atual é de R$ 1.045. A previsão para o próximo ano é que o valor subisse e chegasse a R$ 1.079, de acordo com o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) enviado ao Congresso Nacional. O valor, no entanto, pode ser inferior aos R$ 1.079 planejados pelo governo do presidente Jair Bolsonaro.

A explicação para isso passa pela inflação. Para chegar à estimativa de R$ 1.079, o Governo Federal considerou o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) em 3,19% no ano de 2020. Mas isso não deve acontecer, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

A crise causada pela pandemia do novo coronavírus deve fazer o valor sair e o INPC deve fechar o ano abaixo de 2,5%. Boletim do Ministério da Economia divulgado na segunda-feira (15) mostra que o INPC deve ser de 2,45%. Neste cenário, o salário mínimo de 2021 cairia de R$ 1.079 para R$ 1.070. O economista André Braz falou sobre isso em entrevista ao site Metrópoeles.

Publicidade

“Se mantiver os R$ 1.079, vai ter um impacto no Orçamento muito grande. Então, provavelmente alguma revisão deve ser feita”, afirmou o coordenador do IPC do FGV IBRE.
Apesar da possível diminuição do valor, ela não significará perda do poder de compra do brasileiro.

Publicidade

Apesar de ganhar menos – queda de R$ 1.079 para R$ 1.070 -, o novo valor significa que a inflação também diminuiu e isso não afeta o poder de compra da pessoa. Em outras palavras, com R$ 1.070, a pessoa poderá comprar as mesmas coisas se tivesse R$ 1.079 com uma inflação maior. Cerca de 49 milhões de brasileiros recebem o salário mínimo e o valor representa o piso de pagamento em todo o país.

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br