in

Mãe abre o coração e conta dificuldades das aulas online com 5 filhos e apenas um celular

A mulher afirma que as três escolas onde os filhos estudam sempre se dispuseram a ajudar.

Divulgação/G1
Publicidade

A vida não tem sido fácil para a maioria das pessoas durante o isolamento social. Contudo, é fato que para alguns a situação acaba sendo um pouco mais complicada em relação ao fator social e econômico. Na cidade de Itumbiara, que fica localizada na região sul de Goiás, uma mulher tem vivido um drama para conseguir cuidar dos cinco filhos pequenos.

A mãe guerreira tem se dividido na árdua tarefa de auxiliar as crianças em suas atividades escolares, já que devido à pandemia do novo coronavírus as aulas estão acontecendo através da internet. Rosimeire da Costa possui apenas um celular que precisa ser dividido entre a família. Com isso, ela precisa se desdobrar para conseguir passar todas as atividades aos pequenos.

“Qualquer mãe que tem criança sabe que todo dia é uma dificuldade diferente, que todo dia é uma coisa diferente que eles precisam, e a gente não pode dar. Eu agradeço muito porque eu ainda tenho esse celular, porque eu sei que tem mãe que está em condição bem pior, mas não é por isso que eu vou me acomodar e não vou tentar fazer o melhor para eles”, desabafou a mãe.

Publicidade

Rosimeire é mãe de nove filhos, sendo que seis residem com ela, em Itumbiara e três moram no interior de São Paulo. Apesar de ser a mesma cidade, as crianças estudam em escolas diferentes. Anthony, de três anos, estuda na Ami – Escola de Assistência ao Menor. Nicole, com cinco anos, na Escola Municipal Rogério Ribeiro. Já os gêmeos Isaías e Ícaro, de oito anos, e o irmãozinho Isaac, de nove anos, estudam na Escola Municipal Floriano de Carvalho.

Publicidade
Publicidade

Apesar de toda dificuldade enfrentada no momento, a mulher contou que as escolas dos filhos sempre se dispuseram a ajudar. Inclusive, a mãe já conversou com as professoras que demonstraram entender a situação da família.

Rosimeire contou que a área de fora da casa, onde reside de favor, acabou se tornando a sala de aula das crianças e por esse motivo fica boa parte do dia sentada na mesa para ajudar as crianças nas atividades escolares. Ela acorda mais cedo para fazer as tarefas domesticas e depois já começa a ajudar os pequenos.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade