in

Grêmio aciona CBF e toma decisão que envolve quantia milionária

Clube pegará dinheiro emprestado com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) sem futebol.

Divulgação Grêmio
Publicidade

A pandemia causada pelo novo coronavírus mexeu com os clubes brasileiros. Sem partidas para serem disputadas, a contabilização de prejuízos é muito grande. Os clubes têm perdido sócios-torcedores e também deixaram de ganhar com bilheteria.

Os casos dos clubes que disputam a Libertadores fica ainda mais evidente. Os jogos do torneio costumam ter ingressos mais caros e leva muita gente aos estádios. Com isso, o faturamento é alto. Sem futebol, sem dinheiro de bilheteria. O Grêmio é um desses clubes.

O Imortal também deixou de receber da Rede Globo. A emissora não pagou a última parcela referente aos direitos de transmissão do Campeonato Gaúcho e também não pagou parcelas referentes ao Campeonato Brasileiro. Ainda não há previsão de quando o Estadual vai recomeçar nem de quando o Brasileirão vai começar.

Publicidade

Diante dos prejuízos, o Grêmio conseguiu empréstimo milionário com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A entidade disponibilizou uma linha de crédito para clubes das Séries A e B do Brasileirão. Os times da primeira divisão teriam direito a R$ 5 milhões, enquanto os da Série B receberiam até R$ 15 milhões.

Publicidade
Publicidade

De acordo com o BolaVip, o Grêmio vai receber R$ 10 milhões, acima do teto, e isso teria a ver com a fama de bom pagador do presidente Romildo Bolzan. O valor emprestado ao clubes será pago até o fim do ano e não terá cobrança de juros. O dinheiro chegará em ótima hora ao Tricolor, já que apesar de as receitas não entrarem, as despesas com elenco, comissão técnica e demais funcionários continuam.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br