in

Corticoide barato pode ser o 1º remédio capaz de reduzir mortes por Covid-19; aponta estudo

O uso do medicamento é indicado para tratamento de casos graves em hospitais.

Divulgação/Noticiasaominuto
Publicidade

A comunidade científica mundial corre contra o tempo para tentar encontrar uma vacina eficaz contra o novo coronavírus. Além da vacina, um remédio para combater a doença também é estudada. Os cientistas da Universidade de Oxford podem ter encontrado um remédio para ajudar no tratamento contra a Covid-19.

O anúncio foi realizado nesta terça-feira, 16 de junho, informando que um corticoide barato e de amplo uso teve a eficácia comprovada em casos severos de pacientes infectados com o coronavírus, reduzindo a taxa de mortalidade nos pacientes que respiravam por aparelho em um terço.

Contudo, o estudo não mostrou que a medicação tenha bons resultados em paciente com sintomas leves da doença e que não precisam de ventilação mecânica. Isso quer dizer que não teve eficácia para atuar na prevenção da Covid-19.

Publicidade

O remédio em questão é a dexametasona, e trata-se de um corticoide que atua no organismo como anti-inflamatório e imunossupressor, que age inibindo a ação do sistema imunológico. A forma de ação, seja como anti-inflamatório ou imunossupressor é diferente conforme a dosagem aplicada no paciente.

Publicidade
Publicidade

Ele é usado no tratamento de doenças como artrite reumatoide e lúpus, ambas são doenças autoimunes, que é quando o sistema imunológico ataca o próprio organismo. Na maior parte das vezes em que seu uso é indicado, a medicação não é usada sozinha. De acordo com especialistas, ele atua em conjunto com antivirais, antibióticos e antiparasitários.

É um remédio que tem efeitos colaterais, sendo um deles a piora de quadros dos pacientes diabéticos e que sofram com osteoporose. Por esse motivo, as pessoa não devem jamais fazer a automedicação da substância, explicou a infectologista Rosana Richtmann, que atua no Hospital Emílio Ribas, em São Paulo.

Apesar de não divulgarem os pormenores da pesquisa, acredita-se que o remédio funcionou contra a Covid-19, pois como regra geral, um anti-inflamatório pode atuar na redução de inflamação provocada pelo coronavírus no organismo.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade