in

Auxílio emergencial: parcelas extras não devem ser nem de R$ 300 nem de R$ 600

O possível novo valor das parcelas extras do auxílio emergencial foram divulgados.

Caixa / Marcos Corrêa
Publicidade

Os milhões de brasileiros que recebem o auxílio emergencial querem saber qual será o valor das parcelas extras prometidas pelo Governo Federal. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciaram que haverá o pagamento de mais duas parcelas.

O auxílio emergencial começou a ser pago em abril. De início, três pagamentos mensais foram prometidos. A última parcela é referente a este mês de junho. Como o país ainda não teve uma retomada econômica, a equipe econômica do governo discute o pagamento de mais duas parcelas.

O valor tem gerado embate. Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara dos Deputados, já demonstrou que quer que o valor do auxílio permaneça em R$ 600 para as parcelas extras. Bolsonaro, por outro lado, preocupado com as contas do Governo Federal, queria o valor em R$ 300.

Publicidade

Tudo indica, neste momento, que o valor das parcelas extras do auxílio emergencial não será um nem outro. De acordo com informações do site Poder360, as duas parcelas extras podem ser de R$ 400. Menor do que quer Rodrigo Maia e maior do que quer Bolsonaro.

Publicidade
Publicidade

Em abril, quando o auxílio emergencial foi lançado, a equipe econômica do governo queria pagar R$ 200 – este foi o valor inicialmente anunciado por Paulo Guedes. Na Câmara, porém, após discussões, o valor subiu para R$ 600. O auxílio emergencial é pago a beneficiários do Bolsa Família, autônomos e microempreendedor individual (MEI). Mais de 60 milhões de pessoas foram aprovados para receber o auxílio em todo o Brasil. 

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br