in

Grávida e saudável, mulher de 20 anos dá à luz bebê prematuro e morre por Covid-19

O caso surpreende porque médicos destacaram que a jovem não possuía comorbidades que poderiam complicar a doença.

Arquivo Pessoal/G1
Publicidade

Uma jovem de apenas 20 anos, identificada como Maria Eduardo Santiago, faleceu nesta quarta-feira, 10 de junho, em Teresina, capital do estado do Piauí.

A jovem estava internada desde o dia 27 de maio após dar à luz um bebê prematuro, que nasceu após 30 semanas de gestação. O pequeno foi levado à UTI neonatal assim que nasceu e não foi diagnosticado com quaisquer doenças.

Por outro lado, a mãe do pequeno faleceu em decorrência da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Após dar à luz o seu filho, Maria foi internada na Maternidade Dona Evangelina Rosa e ficou entubada, respirando através de aparelhos, durante 10 dias.

Publicidade

Maria já havia sido desconectada dos aparelhos há cinco dias, porém obteve uma piora e faleceu em decorrência de complicações da doença. A jovem de 20 anos surpreendeu ao não resistir à doença, pois médicos avaliaram que a mesma não tinha quaisquer comorbidades que poderiam trazer complicações.

Publicidade
Publicidade

Maria Eduarda foi a primeira mãe a falecer em decorrência do novo coronavírus na maternidade onde estava internada.

O hospital fez questão de ressaltar que prestou todos os serviços necessários para que a jovem se recuperasse da doença.

O bebê nasceu saudável e, por mais que seja prematuro, já está respirando sozinho, sem ajuda de aparelhos. O pequeno está recebendo leite do Banco de Leite da unidade de saúde onde está internado.

A família da jovem, até então, não se pronunciou publicamente sobre a morte da mesma. Maria Eduarda faleceu 15 dias após dar à luz seu filho, que não teve o nome divulgado.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Bruno Avila

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com