in

William Bonner dá a notícia preocupante que afeta o bolso dos brasileiros

Jornalista deu informações ao vivo sobre a expectativa do PIB para o ano de 2020.

Reprodução Globo
Publicidade

A pandemia causada pelo novo coronavírus pode ter contornos trágicos na economia brasileira, de acordo com o Jornal Nacional desta segunda-feira (8). O jornalista William Bonner passou as informações preocupantes aos telespectadores. O país pode ser um dos mais afetados economicamente em todo o mundo.

Primeiro, Bonner anunciou que a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) cresceu 3,18% nesta segunda. A Dow Jones, em Nona York, nos Estados Unidos, teve crescimento na casa de 1,70%. O dólar comercial caiu 2,79% e chegou a R$ 4,85. Dias atrás, o dólar se aproximava dos R$ 6.

As estimativas de Podruto Interno Bruto (PIB) feitas pelo Banco Mundial preocupam o Brasil. A estimativa em todo o mundo é de encolhimento de 5,2% da economia. No Brasil, o PIB deve encolher 8%. Esta informação é muito importante para todos os brasileiros, mesmo aqueles que não conhecem muito bem as siglas econômicas.

Publicidade

“PIB é a sigla para Produto Interno Bruto, que, em linhas gerais, é um indicador econômico bastante utilizado na Macroeconomia (ramo das Ciências Econômicas) que apresenta a soma de todos os bens e serviços produzidos em uma área geográfica (país, por exemplo) em um determinado período”, explica o site Brasil Escola, do UOL.

Publicidade
Publicidade

O encolhimento do PIB significa um encolhimento econômico do país e isso pode afetar a renda de milhões de brasileiros. A última década foi a de menor crescimento econômico desde 1900. Para “salvar” a década, seria necessário que o PIB crescesse 10% neste ano. Sem a pandemia já seria difícil. Com a pandemia tornou-se impossível.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br