in

Padre de SP larga batina por amor a homem casado há 23 anos com uma mulher: ‘Pudemos nos libertar’

Ex-líder religioso Sérgio Bedin hoje vive com Rogério Koury, que tinha casamento de 23 anos.

Guia gay
Publicidade

Algumas histórias de amor são realmente surpreendentes. Um casal em especial acabou contando sua história nesta segunda-feira, 8 de junho, a um site voltado à cultura LGBT. Sérgio Bedin era padre, quando se apaixonou pelo músico Rogério Koury. Eles se conheceram em uma live. O músico, que é pianista, rapidamente aproximou-se do religioso. 

No entanto, havia um grande problema. Sérgio era padre e, portanto, pelo menos na tese da igreja católica, não poderia viver esse amor. Já Rogério era até então um homem hétero, casado há 23 anos com a mesma mulher. O relacionamento do casal só foi assumido em março desse ano, mas até lá, foram muitos desafios. 

Em uma missa, Sérgio se assumiu e contou aos fiéis que estava apaixonado por outro homem. “Foi um momento especial, os fiéis o aplaudiram pela coragem de se assumir”, disse o padre em entrevista. Já Rogério contou que sua então esposa, Renata, percebeu que ele vivia um grande conflito pessoal. Ela apoiou o ex-marido a viver o relacionamento com o ex-padre. A partir daí, ficou uma bela amizade. 

Publicidade

“Todo esse processo envolveu muito amor, recebi um dos abraços mais calorosos do mundo dos meus filhos quando contei“, garantiu o homem, que na maior parte da sua vida viveu como heterossexual. Atualmente, o ex-padre, o pianista e a família do músico vivem na mesma casa, na cidade de Sorocaba, no estado de São Paulo.

Publicidade
Publicidade

O pianista teve dois filhos e diz que o movimento de se assumir gay foi uma libertação. “Pudemos nos libertar e aceitar essa experiência de vida nova sem que eu deixasse de viver com a família que construí”, revelou ele sobre o assunto.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
FERNANDO B

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.