in

Caso Miguel: pai do garoto fala pela primeira vez e não segura as lágrimas

Paulo da Silva deu entrevista ao Fantástico na noite deste domingo (7).

Reprodução Globo / Arquivo pessoal Mirtes
Publicidade

Paulo da Silva, pai do garoto Miguel Otávio Santana da Silva, de apenas cinco anos, morto após cair do nono andar de um prédio no Recife, capital de Pernambuco, na última terça-feira (2), falou pela primeira vez sobre a morte do garoto. O caso Miguel tem repercutido em todo o Brasil.

O menino de cinco anos foi levado ao trabalho pela mãe, Mirtes Souza. Enquanto ela saiu para passear com os cães da patroa, Sarí Corte Real, Miguel ficou com a mulher. Imagens da câmera colocada dentro do elevador mostra o garoto entrando no elevador. Dali, ele parou no nono andar, desceu e chegou ao local onde caiu.

Miguel foi levado com vida ao hospital, mas não resistiu. Paulo da Silva falou ao Fantástico, da Rede Globo, neste domingo (7). Segundo ele, Miguel gostava de animais e andava de cavalo. Paulo é separado de Mirtes e mora em um sítio. O homem afirmou que tudo o que tem em casa é de seu filho.

Publicidade

Paulo pegava Miguel a cada 15 dias e eles passavam o fim de semana no sítio. “Ele tem um bezerrinho, galinha, essas coisas”, contou, visivelmente emocionado. Para Paulo, Sarí não deveria ter deixado o menino andar no elevador sozinho. “Devia ter puxado a mão dele, derrubado ele no chão. Podia ter tirado ele daí”, afirma.

Publicidade
Publicidade

No fim da entrevista, Paulo não segurou a emoção e chorou. “Eu não quero pensar que o Miguel morreu, não, sabe. Eu digo: ‘ele tá viajando, nunca diga que o Miguel morreu. Miguel tá vivo'”, afirmou o pai, triste pela perda dolorosa do filho de apenas cinco anos. A polícia segue investigando o caso. Sarí foi autuada em flagrante, mas pagou R$ 20 mil de fiança e deixou a delegacia.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br