in

Reviravolta: mãe de Miguel tem cargo na prefeitura do patrão; doméstica se pronuncia

Caso Miguel: mãe tem cargo em prefeitura comandada pelo patrão e diz que não sabia.

UOL
Publicidade

O caso Miguel ganhou mais um capítulo nesta sexta-feira, 5 de junho. A mãe do menino, Dona Mirtes, estava passeando com o cachorro da família do prefeito de Tamandaré, em Pernambuco, quando tudo ocorreu. Sérgio Hacker Corte Real, do PSB, prefeito da cidade, colocou a funcionária, que trabalhava como doméstica em sua casa, na lista de servidores do município.

No portal do próprio município, Mirtes Renata aparece como funcionária da prefeitura, recebendo pouco mais de R$ 1.000 ao mês. A doméstica diz que não sabia que estava registrada como funcionária do município de Tamandaré. Já a assessoria de imprensa da prefeitura disse que não falaria sobre isso nesse momento. O órgão disse que o pronunciamento ocorria na semana que vem.

O nome da doméstica está na lista de servidores da prefeitura desde o ano de 2017. A empregada doméstica nunca teria ido a um dia sequer na prefeitura exercer a suposta atividade que o seu nome está relacionado.

Publicidade

“Estou surpresa com essa informação. Eu trabalhava na casa deles, a minha mãe também ia quando a família ia para Tamandaré. A gente se revezava em cuidar da casa e das crianças”, disse a mãe da criança. 

Publicidade
Publicidade

Veja abaixo um print que mostra o portal da transparência, na cidade de Tamandaré, no estado de Pernambuco.

Veja abaixo um vídeo que mostra as últimas imagens do menino Miguel com vida. Ele caiu do nono andar logo na sequência, falecendo.

Sari Corte Real chega a apertar os botões do elevador. Ela foi presa acusada de homicídio culposo, quando não há a intenção de matar. 

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
FERNANDO B

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.