in

Mãe de Miguel chora e conta o que ouviu da patroa após filho cair de prédio e morrer

Em entrevista, Mirtes Renata falou a respeito de sua última conversa com Sari Corte Real.

UOL / G1 / Montagem Ghean Fernandes
Publicidade

O caso do menino Miguel, de 5 anos, que morreu após cair do nono andar de um prédio, em Recife, ganhou destaque na mídia e causou comoção por conta do que ocorreu momentos antes de a criança vir óbito.

Mirtes Renata, mãe de Miguel, trabalhava como doméstica em um condomínio de luxo e precisou descer para passear com cachorro da patroa. Durante sua ausência no apartamento, o menino acabou entrando em um elevador e, em seguida, caiu de uma altura de 35 metros. 

O que acabou chamando muito a atenção no caso foi o fato de a patroa de Mirtes ter estado com o menino momentos antes de sua morte, deixando Miguel sozinho; o que teria culminando do desfecho fatal. O vídeo, gravado dentro do elevador, mostra Sari Corte Real conversando com o menino. Em dado momento, ela coloca a mão sobre os botões do painel e o elevador se fecha com a criança, sozinha, lá dentro.

Publicidade

Diante da perda, o G1 publicou uma entrevista com Mirtes. A mãe de Miguel contou que, após ver as imagens das câmeras de segurança, ligou para a ex-patroa e ouviu da mulher que ela não tinha apertado o botão do elevador. A patroa ainda garantiu que iria provar o que estava dizendo.

Publicidade
Publicidade

“Por falta de paciência, que eu tive com os filhos dela, meu filho está lá em Bonança [distrito de Moreno], junto com o tio, enterrado”, lamentou Mirtes, lembrando que cuidava dos filhos da patroa com atenção e, por isso, confiou seu filho a ela.

Acusada de homicídio culposo, quando não é intenção de matar, Sari foi presa, pagou fiança e reponderá ao processo em liberdade.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade