in

Datena perde o chão ao vivo e gesto comove todo Brasil: ‘É chocante isso’

O apresentador José Luiz Datena ficou indignado ao falar sobre a morte do pequeno Miguel Otávio.

Band
Publicidade

Trabalhar em um programa ao vivo pode ser bastante difícil. Nesta quinta-feira, 4 de junho, o apresentador José Luiz Datena “perdeu o chão” ao vivo, enquanto estava no ar durante o programa Brasil Urgente. Tudo ocorreu enquanto ele comentava a morte do pequeno Miguel Otávio, de apenas cinco anos de idade. 

Miguel morreu após cair do nono andar de um prédio da cidade de Recife, no estado de Pernambuco. A criança sofreu um acidente após a mãe, uma empregada doméstica, sair para levar os cães da patroa para passear. A patroa, Sari Gaspar, não olhou a criança, que acabou caindo do prédio. Ela chegou a ser presa, mas, após pagar uma fiança de R$ 20 mil, acabou deixando a delegacia. 

Datena ficou indignado com o crime e falou poucas e boas ao vivo. Em alguns momentos, o comunicador chegou a ficar com a voz embargada e até a colocar a mão nos rostos. O comunicador, inclusive, relacionou o crime no Brasil aos protestos que acontecem no mundo inteiro contra o racismo. Os protestos tiveram início após o assassinato de George Floyd por um policial americano.

Publicidade

“É chocante isso! Eu não quero nem conversa, estou com tanta raiva dessa mulher. Não quero perder a cabeça. Há muito tempo no Brasil, as pessoas tratam negros e pobres como lixos. Uma irresponsabilidade criminosa“, disse o apresentador, ao abordar tudo o que acontecia no Brasil em seu programa.

Publicidade

“Que absurdo. E a mulher, pelas leis brasileiras, pagou uma fiança [de 20 mil reais] e está solta. A criança vai procurar a mãe e morre”, revelou, em outro momento, o comunicador do Brasil Urgente. 

FERNANDO B

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.