in

Felipe Heiderich sobre Bianca Toledo: ‘Caiu possessa 5 dias antes’

Testemunhas falaram que ouviram ela dizer que ele morreria na cadeia ou no hospício, mas ela não dividiria os bens.

Folha Gospel
Publicidade

Neste período de pandemia, muitos famosos estão fazendo lives para falar de todo tipo de assunto. O pastor Daniel Mastral fez uma live com o pastor Felipe Heiderich. O tema da Live era justiça divina e eles conversaram sobre a acusação de pedofilia que o pastor Felipe sofreu.

Felipe Heiderich sobre Bianca Toledo: ‘Caiu possessa 5 dias antes’

O caso do pastor ficou muito conhecido no Brasil depois que sua ex-esposa, Bianca Toledo, o acusou ter estuprado seu filho. O menino é fruto do casamento dela com o ex-marido. Após três anos de processo, ficou provado que o pastor Felipe Heiderich é inocente. Ele foi absolvido de toda acusação, pois, ficou comprovado que o menino não sofreu nenhum tipo de abuso e não havia nenhuma prova contra ele.

O pastor detalhou os acontecimentos durante esses três anos. Segundo ele, antes de tudo acontecer ela já estava dando indícios de que queria se separar. Em um dia ele tomou uns remédios para descansar e deixou um bilhete para os funcionários dizendo que ia dormir. Ele acordou em uma UPA, os médicos liberaram ele porque ele não tinha nada. Depois disso, o motorista chamou uma ambulância. Quando ele entrou na ambulância, foi sedado e acordou nu, em um manicômio. Felipe disse ter ficado oito dias amarrado, sofrendo tortura. 

Publicidade

No oitavo dia a esposa o visitou com um pastor e um advogado, Felipe contou que ela queria que ele assinasse um papel anulando o casamento deles e cedendo todos os bens para ela. Se ele não assinasse, seria acusado de pedofilia. Ele disse que não assinaria nenhum papel e pediu explicações do que estava acontecendo. 

Publicidade
Publicidade

Testemunhas ouviram ela dizer que ele morreria na cadeia ou no hospício, mas ela não dividiria os bens. Ela cumpriu a ameaça, foi a delegacia e denunciou ele por pedofilia. Sem nenhuma investigação, exame de IML no menino, ou mesmo, nenhuma prova do que ela estava falando, ele foi preso. Segundo ele, os policiais o colocaram para ser abusado na cela. Mas nada aconteceu a ele.

Depois de muito investigação, um relatório de 54 páginas foi feito pelo Ministério Público. No relatório dizia que não havia nada que comprovasse sua culpa.  O Ministério Público solicitou a investigação da outra parte ele foi liberado.

As testemunhas disseram que ouviram ela dizer: “Ou ele morre no hospício, ou ele morre na cadeia, mas dividir os bens eu não vou dividir”. Segundo Felipe, suas testemunhas foram ameaçadas de morte e ele solicitou a investigação de Bianca Toledo, sua ex-mulher. Bianca se casou nove meses depois de ter acusado o então marido.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Tatiane Braz

Escrito por Tatiane Braz

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática. Faça contato comigo: tatianebraz1998@gmail.com