in

Vídeo esclarecedor mostra menino antes de cair de 9º andar e morrer; patroa é presa

Polícia autua por homicídio culposo empregadora da mãe de menino que morreu ao cair do 9º andar.

Globo / Montagem
Publicidade

Sari Corte pagou fiança de R$ 20 mil, após ser presa acusada de homicídio culposo pela morte de um menino de cinco anos na grande Recife, estado de Pernambuco. A criança caiu do nono andar do prédio, após ter sido deixada sozinha por Sari Corte nas dependências do prédio, enquanto a mãe da criança, Mirtes Renata, estava passeando com os cachorros da família. 

Patroa é primeira dama de cidade em Pernambuco

Um vídeo feito por câmeras de segurança do prédio onde a família Corte mora mostra o momento em que Sari aperta o botão do elevador e deixa o menino sozinho. O garoto estaria procurando a mãe. Para a polícia, a patroa agiu com negligência, mas vai ter que responder ao processo em liberdade, o que tem levado à críticas nas redes sociais. 

Veja abaixo o vídeo que mostra o exato momento em que a patroa aperta o botão do elevador, afim de que a criança ficasse ali sozinha. Pouco depois, o garoto acabou morrendo.

Publicidade

Sari Corte é primeira dama da cidade de Tamandaré. Ela teve o nome revelado pela mãe da criança. Sair é esposa de Sérgio Hacker, prefeito da região.  Após ficar sozinho pelo prédio, o menino de cinco anos escalou um estrutura no nono andar e ali perdeu o equilíbrio, caindo do prédio. Ele tentava subir em uma área comum do edifício, onde ficam os ar condicionados. 

Publicidade

O menino caiu de uma altura de 35 metros.  “Ela tinha o dever de cuidar da criança. Houve comportamento negligente, por omissão, de deixar a criança sozinha no elevador”, disse o delegado do caso, que está gerando indignação. 

FERNANDO B

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.