in

Urgente: mais de 30 crianças são esfaqueadas em ataque à escola; segurança é principal suspeito

Ao menos 39 pessoas, em sua maioria alunos, foram esfaqueadas em uma escola do ensino básico da China.

G1
Publicidade

Um ataque à uma escola teria deixado pelo menos 39 pessoas feridas. A maioria delas eram alunos. As informações foram confirmadas aqui no Brasil pelo portal de notícias G1. O ataque ocorreu em uma unidade de ensino básico, localizado na cidade de Cangwu. As autoridades chinenas confirmaram a tragédia. 

“Trinta e sete alunos ficaram levemente feridos e dois adultos sofreram ferimentos mais graves. Todos foram hospitalizados e estão foram de perigo”, disse uma fonte ao falar sobre o assunto.

Publicidade

O ataque à escola ocorreu por volta das 8h30 da manhã, no horário local. O primeiro comunicado sobre o ataque à escola de ensino básico foi revelado por autoridades da própria cidade, que revelou que o suspeito seria um homem de 50 anos de idade. Ele trabalharia na própria escola, como segurança, o que explica o fácil acesso ao local. 

Publicidade

O nome do homem, no entanto, não foi revelado pelas autoridades. Essa não é primeira vez que ataques à escolas como esse acontecem na China. Em 2019, 20 crianças ficaram feridas na capital do país, após um homem golpeá-las com o uso de um martela. Já em 2018, foi a vez de um jovem de 20 anos de idade assassinar um colega e ferir outras 11 pessoas em uma escola técnica, sendo nove alunos e dois docentes. 

O caso virou motivo de discussão nas redes sociais. “Imagina se lá o porte de armas fosse tão fácil quanto nos EUA a tragédia que poderia ter sido..
Isso que o cara era segurança da escola, facilmente teria sido um massacre
“, disse um dos internautas ao comentar tudo o que houve; a situação comoveu a todos. 

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Fernando B

Escrito por Fernando B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.