in

Mulher morre com Covid-19 e quando irmão vai reconhecer o corpo leva um susto

Corpo da empregada doméstica foi trocado com o de outro mulher e família cobra explicação.

Governo do Estado da Bahia / Arquivo pessoal Arlete
Publicidade

A empregada doméstica Arlete Santos dos Reis, de 43 anos, foi a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Salvador na última sexta-feira. Diabética, ela tossia muito e apresentava uma forte dor de cabeça. Teste rápido identificou que ela estava com Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

No domingo, Arlete foi encaminhada ao Hospital Espanhol, reaberto pelo governo do Estado para tratar pacientes com Covid-19. A família não teve mais contato com ela. Na manhã seguinte, o marido de Arlete recebeu ligação de uma assistente social informando que ela havia morrido.

A morte de Arlete abalou a família. Na terça-feira, um irmão dela foi autorizado a fazer o reconhecimento do corpo. Jairo Santos levou um susto ao chegar ao local e ver que o corpo que estava ali não era o de Arlete. Diante disso, ficaram as perguntas: cadê Arlete? Para onde seu corpo foi levado?

Publicidade

A explicação do hospital é que o irmão de uma outra paciente reconheceu o corpo errado e levou o de Arlete por engano. Como a paciente também morreu por Covid-19, o velório foi realizado com caixão fechado na cidade de Lauro de Freitas, também na Bahia.

Publicidade
Publicidade

“Eu não sei como saíram com o corpo de minha irmã sem olhar documento nem nada. A gente quer saber que mágica foi essa”, afirmou Jairo, que explicou que toda a família está na porta do hospital querendo explicações. Em nota, o Hospital Espanhol explicou os trâmites internos, pediu desculpas às famílias envolvidas e comprometeu-se a regularizar a situação, sem explicar de que forma isso será feito.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br