in

Apresentador da Record se emociona ao vivo ao dar terrível notícia: ‘Não dá para acreditar’

Matheus Furlan, âncora do Balanço Geral SP, da Record, acabou se emocionando ao vivo após noticiar a morte de um bebê.

Record
Publicidade

O apresentador Matheus Furlan é um dos nomes mais conhecidos do país. No entanto, nesta quarta-feira, 4 de junho, mesmo com toda a experiência profissional dele na televisão, o comunicador se emocionou ao falar sobre uma notícia ao vivo. Tudo aconteceu ao vivo durante o Balanço Geral São Paulo,  exibido pela Record TV na maior cidade do país. 

O apresentador Matheus Furlan falava sobre o caso de um bebê de apenas três meses, que seria filho de usuários de drogas. A mãe da criança diz que amamentou o filho e, mais tarde, foi usar droga. Ao voltar, ela encontrou o menor de idade sem respirar. A mãe do bebê o levou para o hospital, mas já era tarde. A criança já estava morta. Matheus Furlan ficou muito comovido com a situação. O comunicador chegou a ter lágrimas nos olhos e ficar com a voz embargada, enquanto passava a informação ao vivo para os telespectadores da Record. 

“Eu vou pedir desculpa pra você que me deu até dor de cabeça. Eu não vou mais falar sobre isso. Não dá para acreditar”, disse o jornalista Matheus Furlan ao falar sobre o tema, que deu o que falar. 

Publicidade

Vídeo mostra emoção de Matheus Furlan ao dar terrível notícia

Veja abaixo o vídeo em que o apresentador se emociona ao falar da morte da criança, dizendo que não dá para acreditar em uma tragédia como essa. O momento emocionou muitas pessoas.

Publicidade
Publicidade

Nas redes sociais, muitas pessoas que acompanhavam o telejornal se emocionaram. “Infelizmente, tragédias assim não somente acontecem, mas acabam se repetindo”, disse um dos internautas ao falar sobre o assunto.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
FERNANDO B

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.