in

Mulher com coronavírus da à luz um filho e é impedida de abraçá-lo; contato é pelo celular

A mãe foi submetida a uma cesariana de emergência e tudo terminou bem, mas ela não pode pegar o bebê.

Ig
Publicidade

Logo após o nascimento de um bebê, a mãe quer logo abraçar e sentir o corpinho do filho junto ao seu. Mas, infelizmente, o novo coronavírus já está até mesmo impedindo esses momentos. O pequeno Pierre não teve como abraçar a mãe logo após seu nascimento, porque ela está com a Covid-19.

Os médicos tiveram que realizar uma cesariana de emergência, além de deixá-la em coma induzido e entubada para que ela e o filho fossem salvos. No final tudo deu certo, ambos passam bem, mas a mulher ainda não foi autorizada a pegar o próprio filho em seus braços.

Para tentar unir a família, a equipe do hospital preparou uma surpresa para ela: uma videochamada. Assim, a mãe conseguiu ver, pela primeira vez, o seu bebê; e todos se emocionaram. O encontro virtual aconteceu no Hospital Santa Helena, em Brasília; e a mãe chorou de alegria ao ver que seu filho estava bem.

Publicidade

View this post on Instagram

Uma boa história para começar a semana! Pierre é um bebê que a mãe foi acometida pelo COVID, infelizmente ela necessitou de suporte ventilatorio (intubação), coma induzido e cesárea de emergência. Logo após acordar do coma, a primeira pergunta da mãe foi: cadê meu filho? Ai que entra a história do Gustavo Wagner (coordenador da UTI Adulto) e @thaaycid (enfermeira da UTI Pediátrica). Um teve a ideia de fazer a vídeo-chamada e o outro teve a ideia de fazer a placas do que o “bebê” e a equipe gostaria de dizer a mãe! O resultado esta aí nesse vídeo. Queria parabenizar aos profissionais que trataram e conduziram esse caso. Hoje o Pierre está em casa. Eu só posso dizer uma coisa, sorte em trabalhar com vocês! Queria parabenizar aqueles que trataram do Pierre, principalmente o @felipemotta_ que estava ele com ele desde a sala de parto. E também @_pedgui_ @dudacanellas @clleya @adriratund @danielraylander @lorena.mfs.andrade @fono_beatriz

A post shared by Thallys Ramalho (@thallys.ramalho) on

Publicidade
Publicidade

O médico coordenador da UTI, Gustavo Wagner, foi quem preparou a surpresa, contando com a ajuda da enfermeira Thayná Cid. A dedicação dos profissionais da saúde valeu a pena, pois a mulher viu que o garotinho estava bem.

A chegada do novo coronavírus mudou hábitos de pessoas no mundo todo. Há profissionais de saúde que já não vão até suas casas mais, com medo de contagiar os familiares. E enquanto não é lançada uma vacina capaz de oferecer imunidade contra a Covid-19, a humanidade segue nesse dilema entre ter que se proteger e continuar com a vida. O certo é que todos os cuidados precisam continuar sendo tomados para evitar o contágio pelo novo coronavírus, que já matou mas de 30 mil pessoas apenas no Brasil.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Russel

Escrito por Russel

Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br