in

A história do menino que passou 9 anos internado no Amazonas; ele é a prova que milagres existem

‘Eu nunca perdi a esperança de que ele voltaria para casa, que um dia ele ia sair, e esse dia chegou’, afirma a mãe ao falar sobre o tema.

Revista Crescer
Publicidade

Aos 12 anos, o menino Alex Miranda Gomes tem sua história misturada com a de um hospital. Ele passou nove anos da sua vida internado no Instituto de Saúde da Criança do Amazonas. No entanto, a história do menino começou a mudar um pouco nesta terça-feira, 3 de junho, quando o menino enfim recebeu alta hospitalar. Ele era o paciente mais antigo da unidade. 

Menino que estava há nove anos internado recebe alta, após virar paciente mais antigo de hospital

Alex tem uma doença chamada Miocardiopatia. A enfermidade causa alterações no músculo do coração. Isso fez com que ele tivesse consequências graves em todo o seu sistema de circulação. Ao todo, o garoto teve dois acidentes vasculares hemorrágicos, mas o seu seu quadro, apesar de inspirar cuidados, é considerado estável.

A alta só aconteceu graças a um esforço. A família do menino está participando de um programa do Ministério da Saúde, conhecido como Melhor em Casa. Ele permite que equipamentos hospitalares fiquem na casa do menino e ele tenha a companhia da família, em um lar.

Publicidade

Além disso, o menino terá visitas todas as semanas de uma equipe, que terá profissionais multidisciplinares, como nutricionistas, psicólogos, assistentes sociais e técnicos de enfermagem.

Publicidade
Publicidade

“É importante que esses pacientes crônicos possam estar em suas casas, no aconchego do seu lar e levando uma vida mais segura, sem o risco de uma infecção hospitalar e outras complicações”, revelou o médico do menino, o pediatra do Icam, Carlos Queiroz.  Já a mãe da criança, Silvane Miranda, contou que nunca perdeu a esperança.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
FERNANDO B

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.