in

Rodrigo Faro fala sobre morte precoce do pai e infância difícil: ‘Bebida foi mais forte’

O apresentador Rodrigo Faro relembrou infância difícil e alcoolismo do pai.

Record
Publicidade

Durante uma entrevista para o canal no Youtube de Ana Hickmann nesta segunda-feira (1), Rodrigo Faro falou sobre a infância difícil que teve. A loira questionou sobre o relacionamento que ele tinha com o pai, que era alcoólatra e faleceu quando Rodrigo tinha apenas 13 anos de idade. O astro lamentou dizendo que a “bebida foi mais forte”.

O apresentador, músico e ator também falou sobre os momentos felizes que viveu ao lado do seu pai antes dos problemas com o vício começar. Faro contou que ele conseguiu ver a fase maravilhosa do seu pai. No qual era um homem amoroso que cuidava da família, e um bom marido para a sua mãe. Até que o álcool chegou na vida dele e acabou com tudo.

Rodrigo citou que com o passar dos anos, começou a ver algumas cenas do pai chegando em casa brigando com a esposa e as vezes era necessário Rodrigo ter que proteger a sua mãe da violência. Ou então, a senhora pedia para ele descer para o apartamento dos vizinhos com o irmão porque as coisas estavam cada vez mais complicadas.

Publicidade

O ex-dominó disse que devido o comportamento do pai, ele precisou se tornar o “homem da casa” com apenas oito anos de idade. Faro afirmou que a sua mãe Vera Lúcia passou por uma barra muito grande cuidando dos filhos, e que ele teve que aprender a ter responsabilidade muito cedo. Acrescentou que o pai faleceu muito cedo e que Vera se separou de Gil Vicente quando ele tinha nove anos.

Publicidade
Publicidade

O artista prometeu a si mesmo que nunca iria colocar uma gota de álcool na boca, depois que percebeu que aquilo era um tipo de droga. Assegurou que entendeu o que a bebida é capaz de fazer com a vida de uma pessoa e até hoje conseguiu cumprir a promessa que fez no passado.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade