in

Gatinhos gêmeos siameses viralizam em vídeo fofo na web, mas provavelmente irão morrer

A anomalia é rara na espécie, e não há muitas alternativas para que o caso seja contornado.

YouTube/CBS News | Divulgação
Publicidade

O casal, BJ e Kyla King, que vive em Oregon, nos Estados Unidos, aguardou com grande expectativa a ninhada de sua gatinha, que deu à luz para seis filhotes. Quando os pequenos felinos nasceram, eles logo notaram que havia uma coisa errada. Um deles desenvolveu uma condição rara chamada de diprósopos, mais conhecida na literatura médica como gêmeos siameses.

BJ e Kyla King notaram que se tratava de dois gatinhos, mas no corpo de apenas um. Eles então foram batizados de Biscuit e Gravy. Enquanto um se alimenta, o outro dá os seus miados manhosos, típicos dos filhotes felinos.

As imagens dos felinos siameses tomou conta das redes sociais, e chamou a atenção da imprensa local. O canal de televisão da CBS foi até a casa de BJ e Kyla King, e o casal informou que está pesquisando uma maneira de contornar o problema de Biscuit e Gravy. O desejo é separá-los a partir de uma cirurgia, fazendo com que possam ter uma vida normal.

Publicidade

Apesar de amarem os bichanos, as previsões não são boas. Casos como os de Biscuit e Gravy são raros, e por conta do problema, as chances de que conseguiam sobreviver são baixíssimas. Os animais da espécie que nasceu com essa deformidade não costumam viver mais do que alguns dias.

Publicidade
Publicidade

Isso não é motivo para que o casal perca a esperança. Eles continuam fazendo o possível para encontrar uma solução aos animais. Neste meio tempo, Biscuit e Gravy estão recebendo todo o carinho necessário, além dos cuidados para que os gatos possam viver confortavelmente bem, apesar do problema de formação genética.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Henrique

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.