in

Caso Rafael: irmão do menino diz tudo o que sabe à polícia e situação da mãe se complica

‘Existem contradições relevantes’, diz delegado sobre depoimentos da mãe e do irmão de menino morto em Planalto.

Divulgação: G1
Publicidade

A morte de Rafael Mateus Winques acabou chocando a população de Planalto, no Rio Grande do Sul, repercutindo também em todo o Brasil. Nesta segunda-feira, 1 de junho, o irmão de Rafael, que tem 16 anos, deu depoimento à polícia. As declarações do menor de idade, cinco anos mais velho que Rafael, são muito importantes para a polícia e acabam complicando a situação da mãe dos dois, Alexandra Dougokenski. Ela está presa. 

Alexandra Dougokenski confessou que matou o menino após dar remédios exagerados para a criança. A polícia, no entanto, acredita que a mãe tenha matado Rafael estrangulado. Isso porque o menino tinha marcas no pescoço e ao longo do corpo. O delegado do caso, Elbert Moreira Neto, disse que realmente houve contradições entre o depoimento do irmão mais velho de Rafael e de Alexandra.

“Fazendo análise das contradições existentes entre a versão apresentada pela Alexandra com a versão apresentada pelo [irmão]. Existem contradições relevantes, que a gente precisa explorar a partir de agora, mas isso será feito agora nos próximos dias”, revelou Elbert Moreira Neto sobre o tema. 

Publicidade

“Estamos alinhando essas contradições e fazendo análises delas vamos desdobrar as próximas diligências”, disse o profissional, que está em torno de um caso de repercussão nacional. 

Publicidade
Publicidade

O laudo da perícia no corpo do menino confirma que a causa da morte é asfixia, o que coloca a versão da mãe em xeque. Além disso, ela procurou a mídia e as autoridades dizendo que a criança estava desaparecida, quando o tempo todo sabia onde estava o corpo do filho.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
FERNANDO B

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.