in

‘Dor nas costas’ bate recorde de pesquisas no Google; evite o problema com dicas eficientes

A mudança dos escritórios para home office não é simples e este artigo vai dar dicas preciosas sobre o tema.

Divulgação/Paisefilhos
Publicidade

A pandemia provocada pelo surgimento do novo coronavírus mudou completamente a rotina das pessoas no mundo todo. Com a necessidade da quarentena como uma das maneiras mais indicadas para conter a proliferação desenfreada do vírus, alguns problemas começaram a surgir.

As pessoas que estavam acostumadas com o ambiente confortável do escritório onde trabalhavam precisaram improvisar para trabalhar em casa. O home office foi uma das soluções de muitas empresas. No entanto, essa forma de trabalho não era algo muito usual no país. Muitas adaptações foram feitas de improviso para montar um ambiente e realizar o trabalho de casa.

A princípio tudo funcionou, mas com o passar do tempo os problemas começaram a surgir. Segundo um levantamento feito pelo Google Trends, a expressão dor nas costas nunca havia sido pesquisada tanto no país como foi no mês de abril 2020.

Publicidade

 A especialista Christina Cepeda explicou que usar o computador na mesa de jantar, na cama ou sofá pode até parecer confortável, porém, ao longo do dia, acaba sendo algo prejudicial à saúde. Além disso, o desconforto faz com que a produtividade caia. “Posturas inadequadas diminuem a concentração e podem causar dores e/ou até lesões no futuro”, alertou a profissional.

Publicidade
Publicidade

Não ter um local apropriado é um dos grandes erros na hora de trabalhar em casa. A especialista deu algumas dicas para uma melhor execução do home office.

Espaço de trabalho

Se a pessoa não tem uma mesa adequada, o ideal é fazer uso de cadeiras reguláveis. Elas ainda devem ter um apoio para os braços e também para a coluna. Também é importante se a pessoa for mais baixa, usar apoio para os pés.

Atenção a postura

A regra geral é manter sempre as costas retas, os antebraços devem estar apoiados sobre o tampo, pés e joelhos a 90 graus. Os pés precisam estar apoiados no chão e nunca para trás.

Não esqueça do corpo

O isolamento social não é motivo para que a pessoa fique parada. Quando se acorda os músculos ainda não estão preparados para se movimentar. Portanto, antes de começar alguma coisa, respire fundo, espreguice e faça um alongamento básico da musculatura do tronco, pernas e braços.

Pausa

É importante fazer uma pausa a cada 40 minutos. Ficar muito tempo na mesma posição pode causar prejuízos a coluna e também a circulação.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade