in

Casal devolve filho autista três anos após a adoção: ‘Muitos problemas’

Myka Stauffer e o marido relataram que não sabiam sobre o diagnóstico do garoto.

Exitoina
Publicidade

A youtuber Myka Stauffer e seu marido compartilharam em seu canal,, com mais de 167 mil seguidores a experiência de adotar uma criança da China, que terminou na decisão de devolver a criança por problemas comportamentais. Seus seguidores ficaram revoltados após a decisão do casal.  

Em julho de 2016, eles publicaram um vídeo no qual revelaram sua intenção de adotar uma criança da China, e outros 27 vídeos que falaram sobre sua jornada de adoção, explicando o processo pelo qual passaram quando adotaram uma criança do país asiático. 

O vídeo do dia em que adotaram a criança é o mais visto. Eles registraram a experiência do encontro com o menino de 2 anos e meio. Mais de 5,5 milhões de pessoas já o viram. Seus assinantes dobraram de outubro de 2017 para outubro de 2018, de acordo com o Social Blade. 

Publicidade

Em setembro de 2019, a influenciadora anunciou que seu filho adotivo foi diagnosticado com autismo. Huxley estava na terapia ABA (Análise Aplicada do Comportamento) e estava muito empolgado ao ver os enormes passos depois de ser adotado. 

Publicidade
Publicidade

Porém, seus seguidores começaram a notar que o garoto não tinha mais tanto destaque no canal. Nos últimos posts de Myka com seu filho, ela explicou sobre as dificuldades de lidar com suas necessidades especiais. 

No dia das mães, ela escreveu que foi a festa mais difícil que já teve. Logo, os seguidores começaram a perguntar o que estava acontecendo.
Por insistência dos usuários do YouTube, o casal compartilhou um vídeo chamado uma atualização para nossa família, no qual foi revelado que Hauxley havia sido entregue para outra família para seu bem-estar. 

Não houve um tempo em que não tentássemos ajudá-lo. Nós nunca quisemos estar nesta posição. E estamos tentando atender às suas necessidades e ajudá-lo de todas as maneiras possíveis. Nós realmente o amamos”, eles dizem. 

O casal justificou essa decisão argumentando que é algo aconselhado pelos médicos. “Após várias avaliações, vários profissionais médicos opinaram que ele precisava de um ajuste diferente e que, devido às suas necessidades médicas, ele precisava de mais”, explicam eles. 

As reações são diversas. Muitos apoiam a decisão, mas outros também se sentem desconfortáveis com a situação, principalmente porque Huxley era uma parte importante do canal da família.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Francisco Nunes

Escrito por Francisco Nunes

Barbeiro profissional.