in

Após filha ser atacada, Bruno Gagliasso foi à Justiça contra Day McCarthy: ‘R$ 180 mil’

Ator processa youtuber por injúria racial e pode receber até R$ 180 na Justiça.

Instagram Bruno Gagliasso / YouTube Day McCarthy
Publicidade

A youtuber Dayane Couto de Andrade, conhecida como Day McCarthy, é famosa pelas polêmicas e até pelos crimes que comete pela internet. Um dos alvos de comentários de Day foi Titi, de seis anos, filha do casal de atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank.

Em novembro de 2017, o casal prestou queixa contra Day McCarthy após ela fazer comentários racistas contra Titi. Ela chegou a chamar a menina de “macaca”. Injúria racial é crime previsto em lei. Na época, Gagliasso deu entrevista revoltado com a situação e recebeu o apoio de muita gente.

Entre outras coisas, o ator da Rede Globo disse que não deixaria o caso passar batido. Na esfera criminal, o caso está parado desde que chegou ao Ministério Público. Na esfera cível, o processo segue em andamento. Day McCarthy não se apresentou à Justiça. Sem endereço fixo, o entendimento da Justiça é o que de que ela está “fugindo”.

Publicidade

Diante da ausência de Dayane, o juiz Leonardo Ferreira Chaves, da 32ª Vara Cível, deu prosseguimento à ação. A youtuber foi citada em edital público e pode ser condenada mesmo se não comparecer para dar sua versão dos fatos. A indenização pedida por Bruno Gagliasso é alta: R$ 60 mil para cada um dos autores, que são ele, sua esposa e a filha. No total, Day deve ter que pagar R$ 180 mil se for condenada.

Publicidade
Publicidade

Diante do vídeo em que claramente ofende Titi, é muito difícil que Day McCarthy não seja condenada. Além da família de Bruno Gagliasso, ela já se envolveu em polêmica com muitos outros artistas. Até o momento, nenhum foi tão longe quando Bruno.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br