in

Caso Rafael: mãe confessa ter matado próprio filho, e como corpo estava é de partir coração

Laudo diz que Rafael Winques foi estrangulado e contraria confissão da mãe.

G1
Publicidade

O caso do menino Rafael Mateus Winques, de 11 anos de idade, acabou repercutindo em todo o país. Inicialmente, acreditava-se que o menino estava desaparecido. No entanto, mais tarde, a mãe da criança, Alexandra Dougokenski, acabou confessando que matou a criança. Ainda assim, restam muitas dúvidas sobre o que realmente teria ocorrido.

Isso porque Alexandra Dougokenski diz que matou sem querer a criança, após ter dado tranquilizante para ele. A perícia inicial feita no corpo do menino mostra que ele teria morrido estrangulado, como mostra uma matéria publicada pelo portal de notícias UOL nesta terça-feira, 26 de maio. O crime aconteceu na cidade de Planalto, no Rio Grande do Sul, mas ganhou atenção nacional.

A mãe da criança, antes de confessar o crime, chegou a usar a internet para falar que o filho estava sumido.

Publicidade

Pela manhã, o caso chegou a passar no Bom Dia Brasil, da TV Globo, que, normalmente, não cobre esse tipo de crime. Joerberth Pinto Nunes, um dos investigadores do caso, revelou à imprensa que ainda é aguardado o resultado de alguns exames. Um deles é referente ao sangue do menino. O Instituto Geral de Perícias pronunciou-se por meio de nota. 

Publicidade

“Já a perita responsável verificou a situação em que o corpo foi encontrado e elementos que confirmem a ocultação do cadáver. Ainda foram buscadas provas periciais para confirmar ou descartar a hipótese de premeditação do crime’, diz a nota. 

Digitais também foram recolhidas do local onde o corpo do menino foi achado. O principal objetivo é saber se a mãe da criança agiu sozinha, ou se teve a companhia de outra pessoa para matar a criança. 

FERNANDO B

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.