Folha de São Paulo lança editorial chamando Bolsonaro de mentiroso, mas jornal se dá mal

Leia também

Folha de São Paulo lança editorial chamando Bolsonaro de mentiroso, mas jornal se dá mal

Para Folha, vídeo de Bolsonaro evidencia intento de intervir na PF e revela aparato pessoal de informação.

Revoltada, médica pede demissão após um plantão e expõe tudo: ‘aquilo é um CTI de fachada’

Médica anestesista faz grave denuncia sobre falta de medicamentos e exames para os pacientes.

Grêmio: caso venda de Cebolinha, atacante emprestado deve voltar ainda este ano

De olho na venda de Everton, atacante emprestado pode retornar ao Grêmio ainda em 2020.

Grêmio: irritado, presidente do Napoli dá cartada e valor máximo que pagará por Cebolinha

O presidente do Napoli deu cartada final e crava valor máximo que pagará por astro do Grêmio.
Fernando B
As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.
Publicidade

Neste sábado, 23 de maio, o jornal Folha de São Paulo publicou o editorial intitulado “Bolsonaro mente”. O jornal comenta a divulgação do vídeo em que o presidente do Brasil está em uma reunião ministerial. Segundo o ex-Ministro Sérgio Moro, o vídeo de abril demonstraria como o presidente da república tentou interferir politicamente na Polícia Federal. 

No editorial da Folha de São Paulo, além de chamar o presidente de mentiroso, a publicação diz que as imagens obrigam a Procuradoria da República a abrir uma investigação mais aprofundada a respeito de Bolsonaro. O Ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), chegou a encaminhar para a procuradoria um pedido solicitando a apreensão do celular do presidente da república. 

Publicidade
Publicidade

No entanto, segundo o presidente do Brasil, ele não entregará o tal aparelho. A Folha de São Paulo, após publicar o editorial chamando o presidente da república de mentiroso, passou a receber mais ataques. 

Publicidade

Nos próprios comentários do site da Folha de São Paulo, internautas dizem, entre outras coisas, que o jornal é de esquerda, ou que já teriam cancelado a assinatura da publicação, que é um das mais respeitadas do país. 

Publicidade

“Proximo passo a esquerda, usando toda sua erudição , vai tomar medidas drásticas : escrever uma veemente notinha de repúdio , cheia de emojis , mostrando sua indignação“, disse um dos internautas ao comentar o editorial.

“Bolsonaro nunca mentiu, ele disse durante toda campanha que ia ser isso aí mesmo, o governo de um deputado do baixo clero, sem papas na língua, ligado com milícias e que roubava até gasolina. Quem votou, votou sabendo. E hoje, se não pulou fora, é cúmplice!”. escreveu outro.