in

Jornal Nacional não poupa Bolsonaro com vídeo bomba, e Bonner toma decisão histórica

Telejornal teve, só na abertura, quatro minutos de duração; jornal, no entanto, começou com a cobertura da Covid-19.

Globo / Montagem Fernando B.
Publicidade

Nesta sexta-feira, 22 de maio, o Jornal Nacional já começou com a bomba do dia. Só a abertura do telejornal teve cerca de 4 minutos, algo extremamente incomum no jornalismo. O início do programa, que é o noticioso de maior audiência da TV, ocorreu com as falas de Bolsonaro e seus ministros na polêmica reunião de abril. Nela, Sérgio Moro acusou o presidente de tentar interferir na Polícia Federal.

Jornal Nacional traz noticiário bomba contra Bolsonaro

No entanto, a divulgação do vídeo na íntegra de tudo o que aconteceu acabou revelando muito mais, como falas polêmicas do ministros do governo Bolsonaro. Damares, por exemplo, falou em processar e até prender prefeitos e governadores. 

A cobertura do Jornal Nacional sobre os acontecimentos relativos ao governo Bolsonaro virou meme nas redes sociais. “William Bonner e Renata Vasconcellos chegando hoje no Jornal Nacional “, disse um dos internautas, como pode ser visto abaixo.

Publicidade

Rapaz. A escalada do Jornal Nacional veio para cima – com 4 minutos de manchetes. Clara, direta, mostrando os ponto-chaves e sem esquecer da cobertura do Covid-19. E ainda colocaram a data. Histórica“, disse um dos internautas sobre o assunto. 

Publicidade
Publicidade

Apesar da importância do vídeo, após o famoso “boa noite”, William fez uma introdução, citando a importância da liberação do vazamento, mas, ao mesmo tempo, falando que o principal para o Brasil era o combate ao coronavírus e que, por isso, o telejornal começaria com as notícias sobre a pandemia.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
FERNANDO B

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.