in

Napoli faz proposta de mais de R$ 100 milhões por Cebolinha, e Grêmio bate o martelo

Jornal italiano informou que Napoli apresentou proposta de R$ 102 milhões para contratar Cebolinha.

Divulgação Grêmio
Publicidade

O atacante Everton Cebolinha é alvo de sondagens da Europa desde o ano passado. Depois de brilhar na conquista da Copa América, disputada no Brasil, muita gente dava a venda do jogador para o exterior como certa. Cebolinha foi destaque da conquista da seleção brasileira e substituiu Neymar à altura.

O craque do PSG não disputou a competição porque se machucou em amistoso pouco antes do torneio. Everton Cebolinha se destacou quando entrou e animou Tite. Após o título, Daniel Alves disse em entrevista que foi campeão da Copa América graças ao jogador.

Em meio a pandemia causada pelo novo coronavírus, o Napoli, da Itália, se interessou por Everton e teria feito até proposta oficial. De acordo com o jornal italiano Il Mattino, a proposta feita equipe italiana foi de 17 milhões de euros (R$ 102 milhões na cotação atual).

Publicidade

Diante da proposta, a diretoria do Grêmio teria batido o martelo e recusado a oferta. O valor até seria bem-vindo para o Grêmio. Em meio a pandemia, a diretoria do Imortal calcula prejuízos, assim como a maioria dos clubes do mundo, e todo dinheiro que entrar em caixa vai ajudar muito.

Publicidade
Publicidade

O problema é que a proposta foi considerada baixa. O presidente do Tricolor, Romildo Bolzan Jr., já havia deixado claro que recusaria até mesmo proposta de 20 milhões de euros. O dirigente do clube não informou qual o valor aceitável para o Grêmio negociar sua principal estrela. 

O problema é que Everton Cebolinha já tem 24 anos e a cada ano que passa as chances de um grande negócio diminuem. Muitos clubes europeus têm preferido a contratação de jogadores mais jovens, na casa dos 18 aos 21 anos.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br