Mulher sem braços faz máscaras com os pés e as doam para médicos

Leia também

Mulher sem braços faz máscaras com os pés e as doam para médicos

De acordo com a jovem, a parte mais complicada de fazer é prender o elástico às máscaras

Lembra do famoso meme de Erick Jacquin? Restaurante ícone é posto à venda por R$ 150 mil

O proprietário alega estar cansado da rotina de São Paulo, e pretende retornar para a sua cidade natal.

Eliana desabafa e expõe drama em quarentena: ‘Tem vezes que fica difícil’

A apresentadora abriu o coração para Tiago Abravanel na última quinta-feira.

Maju Coutinho anuncia mais uma derrota de Jair Bolsonaro no Jornal Hoje

STF votou para que agentes públicos sejam responsabilizados, diferente de MP editada por Bolsonaro.
Francisco Nunes
Barbeiro profissional, e nas horas vagas escrevo para o site 1News.
Publicidade

Diante da crise de saúde que vários países estão enfrentando, muitas pessoas decidiram colaborar fabricando elementos de proteção para médicos que cuidam de pacientes com Covid-19. Uma das histórias que mais se destacou nas mídias sociais foi a de uma mulher portadora de deficiência física que faz centenas de máscaras e doam para médicos.

Parece um gesto nobre como tantos outros, mas não apenas suas boas intenções cativaram os usuários do Facebook, já que ela faz máscaras com os pés porque não ela tem os braços.

Publicidade
Publicidade

As limitações de Norfarrah Syahirah Shaari, de 32 anos, da Malásia, não foram um obstáculo para lutar ao longo de sua vida. Sua personalidade é reconhecida em sua nação por manter o pensamento positivo.

Publicidade

Há oito anos, ela aprendeu a usar a máquina de costura com os pés para fabricar suas próprias roupas e, dessa maneira, as roupas que ela fabrica lhe proporcionam maior conforto e mobilidade, de acordo com suas necessidades.

Publicidade

Com suas ações, ela mostrou a mais de 15 mil seguidores que, com força e espírito, ela também pode colaborar para reduzir o impacto da doença nos médicos, enfermeiros e assistentes de saúde. 

Norfarrah admitiu que a parte mais complicada de fazer era prender o elástico às máscaras, no entanto, para ela, era algo divertido e fácil, de acordo com um post em sua conta do Facebook.

A jovem recebeu centenas de comentários com mensagens de encorajamento e agradecimento pelo seu ato de solidariedade. Além disso, ela compartilhou um vídeo usando os pés para mostrar aos usuários como essa façanha é possível.