in

Tratado como bandido, Bruno Gagliasso foi acusado de transportar drogas com esposa e filhos

Ator usou o Twitter para contar situação constrangedora que passou com a família.

Metrópoles / UOL / Montagem Ghean Fernandes
Publicidade

Bruno Gagliasso é figura assídua nas redes sociais e com frequência usa o Twitter para conversar com os fãs, como aconteceu na última quinta-feira (21). O ator resolveu contar aos seguidores um triste episódio que teria acontecido com sua família em uma estrada de Búzios, no Rio de Janeiro.

Em um longo desabafo, o artista revelou que, junto da esposa e os filhos, foi parado pela polícia e tratado como bandido sob a acusação de estar transportando entorpecentes em seu veículo. Bruno chegou a reproduzir a frase que teria ouvido dos policiais.

“Os lacradores devem estar cheios de drogas no porta malas”, escreveu Gagliasso sobre a abordagem da polícia no primeiro contato com a família.  Ainda em seu relato descrito no Twitter, Bruno fez questão de esclarecer que no porta malas de seu carro haviam apenas brinquedos de sua filha e roupas.

Publicidade

Gagliasso contou que o episódio constrangedor aconteceu durante as eleições de 2018 e atribuiu a situação ao fato de ele Giovanna Ewbank se posicionarem contra Jair Bolsonaro. “É muito nojento“, lamentou o ator após sofrer diversas retaliações.

Publicidade
Publicidade

Além do fato ocorrido, Bruno mencionou outras situações que teria vivenciado por suas escolhas políticas e enumerou algumas notícias, chamadas por ele de “fake news”. Diante do desabafo, o artista acabou pedindo desculpa aos fãs, mas afirmou que teria ficado irado com algumas declarações a seu respeito.

Internautas repercutiram a publicação de Gagliasso e muitos ficaram espantados com o depoimento do ator, enquanto outros se posicionaram favoráveis ao atual governo.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade