in

Assédio, pederastia e medo: Bruno Gagliasso detona Bolsonaro e expõe o que ninguém sabia

Ator da Rede Globo usou o Twitter, nesta quinta-feira, para desabafar.

Instagram Bruno Gagliasso / Reprodução Globo
Publicidade

O ator Bruno Gagliasso usou o Twitter nesta quinta-feira (21) para desabafar contra o presidente Jair Bolsonaro. O ator da Globo contou histórias que ninguém sabia e chamou a atenção de seus seguidores com todos os detalhes. Logo no primeiro tuíte, o ator contou sobre a mensagem que recebeu de uma fã idosa.

“Tenho tanta vontade de contar pra vocês as coisas que passamos enquanto essa coisa que hoje está no poder se criava… Recebi um email de uma senhora que era minha fã há anos me pedindo que deixasse de apoiar a pedofilia por causa desses lixos de fakenews”, começou o ator.

Em seguida, Bruno contou que foi parado pela polícia na estrada de Búzios e teria sido tratado como bandido. Bruno deu a entender que policiais comentaram que os “lacradores devem estar cheios de drogas no porta malas”. O ator afirmou que havia brinquedo da filha e roupas da família no porta-malas.

Publicidade

“É muito nojento ver que isso virou O PODER no Brasil… passamos meses tentando entender o que estava acontecendo, sendo difamados. Postaram fotos minhas com meu amigos de mais 18 anos dizendo que ele era meu namorado e a Gio era ‘fachada’ pra esconder a pederastia”, desabafou o ator global.

Publicidade
Publicidade

Bruno disse também que sua esposa, a atriz Giovanna Ewbank, implorava para que ele não falasse sobre política nas redes sociais e evitasse os ataques. Por fim, Bruno afirmou que a fakenews da vez é cloroquina, remédio que acabou de ser liberado pelo Ministério da Saúde para o tratamento de casos da Covid-19 em estágio inicial. “Amanhã é sobre um de nós que não os apoiamos? Esse é o rumo?”, questionou.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br