in

Zezé Di Camargo dá apoio a Bolsonaro e menciona mania de perseguição

O sertanejo abriu o jogo sobre o que pensa a respeito do momento atual do Brasil.

Area Vip
Publicidade

Nesta semana, o cantor sertanejo Zezé Di Camargo concedeu uma entrevista para a colunista Fábia Oliveira, do Jornal O Dia, e falou tudo o que pensa a respeito do atual governo em relação à pandemia do novo coronavírus no Brasil e também sobre o dever de posicionamento dos artistas ao enfrentar o período de quarentena, que tem evitado apresentações presenciais.

Em parte da entrevista à colunista, Zezé Di Camargo deixou bem claro que manifesta apoio ao atual presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, que está no poder do Brasil desde o início do ano passado. O sertanejo assumiu ter votado no magistrado na última eleição e que o elegeria mais uma vez.

“Eu votaria novamente no Bolsonaro sem sombra de dúvidas“, disse Zezé. Em meio ao apoio ao presidente, o sertanejo também acredita que Jair deve ser mais ponderado em suas decisões: “Acho que o Bolsonaro pensa que ainda está em campanha com uma mania de perseguição. Isso me preocupa muito“.

Publicidade

Zezé ainda foi questionado a respeito do comportamento dos artistas em meio ao momento de crise atual. Ele defende que todos os que fazem parte do meio artístico devem mostrar algum posicionamento em relação ao cenário.

Publicidade
Publicidade

“Os artistas têm que se posicionar, sim, e colocar a posição dele sem medo de errar. Temos que ter nossas opções e mostrar o que pensamos“, fala Zezé, que tem se apresentado através de shows à distância ao lado do irmão, Luciano. Os dois haviam planejado vários shows, que não puderam acontecer por causa do período de quarentena que o país está enfrentando.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Aurilane Alves

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.