in

Tintura para cabelos humanos quase mata uma cachorrinha nos EUA

A cadela foi encontrada em risco grave, muito magra e com os pelos tingidos de roxo.

Jornal Ciência - R7
Publicidade

Com os olhos inchados e queimaduras na pele, Violet foi resgatada por um grupo de ativistas no estado da Flórida, nos Estados Unidos. Tudo isso aconteceu no distrito de Pinellas County. A pele havia sofrido uma grave reação alérgica devido a uma tintura destinada a humanos.

O grupo de ativistas Pinellas County Animal Services – PCAS – iniciou imediatamente os tratamentos, com procedimentos para reidratação e altas doses de medicamentos contra dor. Também foi necessário anestesiá-la para fazer uma tosa e remover todo o excesso de tinta.
 

Enquanto tosavam, após o primeiro banho, perceberam uma forte descamação da pele devido às queimaduras. Foi quando entenderam que tratava-se de um caso bem pior do que aparentava inicialmente. Nessas situações mais graves, os resultados podem ser mais devastadores, podendo causar cegueira e até a morte do animal.

Publicidade

Publicidade
Publicidade

Isso porque pode haver envenenamento, uma vez que os cães podem ingerir o produto, que é tóxico, já que têm o costume de lamber o corpo para se limpar. Além do envenenamento, podem ocorrer lesões internas nos órgãos do sistema digestivo.

O tratamento de Violet durou 3 meses. Foram administrados antibióticos e um plano de nutrição. O PCAS informou que Violet já foi adotada por uma nova família, que trabalha no ramo de embelezamento animal.

As tinturas de uso humano possuem substâncias tóxicas, inclusive, para os próprios humanos. Por isso, é proibida sua ingestão e obrigatória a realização de um teste de mechas, responsável pela identificação de possíveis alergias ou reações de queimaduras.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade