Maju Coutinho é acusada de trabalhar pela queda de Bolsonaro e verdade vem à tona

Leia também

Transformações de famosos que são impossíveis de acreditar; sabe quem é a do meio?

Ken, agora Barbie Humana e o filho de Will Smith são um dos principais camaleões entre os famosos.

Maju interrompe programação da Globo para dar notícia bombástica sobre Bolsonaro

Regina Duarte deixa comando da secretaria de Cultura do governo Bolsonaro, após 2 meses.

Péricles grava vídeo em leito de hospital e causa comoção nos fãs: ‘Deus é contigo’

Hospitalizado, o cantor esclareceu seu estado de saúde através das redes sociais.

Bial comenta ‘casamento’ com Glória Maria em vídeo esclarecedor: ‘A gente brigava muito’

Apresentador usou o Instagram para falar sobre o assunto que repercutiu na internet.
Diogo Marcondes
Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.
Publicidade

Circula pelas redes sociais um texto que diz que a jornalista Maria Júlia Coutinho, a Maju Coutinho, apresentadora do Jornal Hoje, teria dado uma entrevista para uma emissora de TV de Portugal em que afirmaria que trabalharia até de graça pela queda do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

O texto foi publicado em grupos de bolsonaristas no Facebook e causou muita polêmica. Muita gente acreditou no conteúdo da mensagem. Todas as informações que constam neste texto são falsas. Maju Coutinho nunca deu essa entrevista à TV portuguesa.

Publicidade
Publicidade

Na mesma mensagem fake, Maju teria dito que há uma grande crise no Brasil e teria feito elogios ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O texto com as informações falsas termina com críticas à Rede Globo. A tal entrevista nunca existiu e uma busca rápida pela internet mostra isso. Não há qualquer entrevista da jornalista brasileira à TV portuguesa ou a outro veículo.

Publicidade

Maju Coutinho atualmente trabalha como apresentadora do Jornal Hoje. Ela entrou no lugar de Sandra Annenberg, que passou a comandar o Globo Repórter. Antes de chegar ao JH, Maju apresentava a previsão de tempo dentro do Jornal Nacional.

Publicidade

Esta não foi a primeira vez que ela foi vítima de fakenews. Quando o ex-presidente Lula deixou a prisão, em Curitiba, onde cumpria pena pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva, Maju e outras jornalistas foram acusadas de usarem roupas na cor vermelha como forma de homenagear o ex-presidente. 

Em março, fotos de Maju na praia passaram a circular nas redes sociais. As fotos eram verdadeiras, mas não foram tiradas em meio a pandemia. Pegaram fotos delas no passado para dizer que a jornalista da Globo estava furando a quarentena.