Boa notícia: vacina contra o coronavírus tem resultado positivo em testes iniciais nos EUA

Leia também

Resumo Totalmente Demais (21/05): Fabinho desmascara Cassandra, que fica sem saída

Cassandra tem sua armação descoberta por Fabinho, que surpreende com reação.

Transformações de famosos que são impossíveis de acreditar; sabe quem é a do meio?

Ken, agora Barbie Humana e o filho de Will Smith são um dos principais camaleões entre os famosos.

Maju interrompe programação da Globo para dar notícia bombástica sobre Bolsonaro

Regina Duarte deixa comando da secretaria de Cultura do governo Bolsonaro, após 2 meses.

Péricles grava vídeo em leito de hospital e causa comoção nos fãs: ‘Deus é contigo’

Hospitalizado, o cantor esclareceu seu estado de saúde através das redes sociais.
Diogo Marcondes
Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.
Publicidade

No mundo todo mais de 4,7 milhões de pessoas foram infectadas com o novo coronavírus e o número de óbitos passa dos 300 mil, de acordo com dados da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. O país lidera o triste ranking de mortes, com quase 90 mil. O Brasil tem mais de 16 mil mortes confirmadas.

Se os Estados Unidos sofrem com o número de mortes, é de lá também que pode vir a solução para a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. A empresa de biotecnlogia Moderna anunciou nesta segunda-feira (18) que testes preliminares de uma possível vacina para a doença tiveram resultados positivos.

Publicidade
Publicidade

O mundo corre em busca de uma vacina contra o vírus. No teste da empresa de biotecnologia, oito pacientes receberam doses pequenas da vacina. Estas pessoas desenvolveram níveis de anticorpos semelhantes ou superiores aos pacientes que já se curaram da Covid-19.

Publicidade

Isso significa que este teste inicial apontou que a vacina cria um certo nível de imunidade ao vírus. Novos testes devem ser realizados em julho. Dessa vez, em vez de oito, cerca de 600 pessoas serão testadas. Em comunicado, a empresa comemorou o resultado do teste. O texto foi assinado por Tal Zaks, diretor médico da companhia. 

Publicidade

De acordo com a companhia, a vacina tem potencial para prevenir a Covid-19. Os Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos foi o responsável pelo estudo clínico. O governo norte-americano investiu cerca de 500 milhões de dólares para desenvolver a potencial vacina contra Covid-19.

Na última sexta, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que espera que haja uma vacina contra a Covid-19 até o final do ano. O mundo todo torce pelo sucesso da vacina.