in

Grávida aos 5 anos: o caso da menina que se tornou a mãe mais jovem do mundo

Lina Medina entrou para história da medicina com gravidez precoce que chamou a atenção.

R7
Publicidade

Lina Medina ficou conhecida mundialmente por ser a menina mais jovem a engravidar e dar luz a um filho quando ainda tinha 5 anos de idade. O caso triste e chocante acabou entrando para a história da medicina e ainda esconde mistérios.

O ano era 1939, quando a garota peruana vivia com a família e acabou chamando a atenção por um inchaço em sua barriga, que não parava de crescer. Acreditando ser um tumor, a mãe de Lina decidiu procurar ajudar medica para entender o que estaria acontecendo com a filha.

Para a surpresa de todos, a menina de 5 anos acabou recebendo a notícia de que seria mãe e estaria no sétimo mês de gestação. Diante do fato, Lina foi atendida por especialistas que acabaram comprovando que a garota tinha uma condição conhecida como “puberdade precoce”, que adiantaria a adolescência.

Publicidade

Ainda na segunda infância, Lina tinha características de adulto e já havia entrado em ciclos menstruais desde os 3 anos de idade. Com o diagnóstico biológico explicado, começaram as dúvidas sobre quem teria praticado tal ato com a menina e seria o pai do bebê.

Publicidade
Publicidade

Irmãos e o próprio pai de Lina foram investigados mas nenhuma prova da suposta paternidade apareceu, seguindo o mistério até hoje. Lina deu a luz a um menino que acabou sendo criado como seu irmão, e só descobriu a verdade aos 10 anos de idade.

O menino que foi batizado de Geraldo viveu até os 40 anos de idade, enquanto Lina casou e teve um segundo filho. Atualmente, com mais de 80 anos, Medina segue sem dar entrevistas sobre o caso e faz questão de se manter longe da mídia.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade