in

Dr. Rey se julga o ‘mais capacitado’ para o Ministério da Saúde e pede vaga para Bolsonaro

Conhecido no Brasil como Dr. Hollywood, o cirurgião plástica deu ênfase ao seu currículo acadêmico para a justificativa.

Facebook/Dr. Rey
Publicidade

Quando soube do pedido de demissão de Nelson Teich do Ministério da Saúde, o médico e apresentador de televisão Dr. Robert Rey embarcou às pressas para o Brasil. Ele estava em Miami, na Flórida (Estados Unidos), onde vive atualmente, e clamou para Jair Bolsonaro a indicação de seu nome para a pasta. Esta não é a primeira vez que o famoso se prontifica a assumir o ministério desde a posse do presidente da República.

De dentro da aeronave, o médico gravou vídeos publicados nas redes sociais, dizendo ser a pessoa mais capacitada neste momento para o enfrentamento da crise. Como justificativa, cita o seu currículo acadêmico, incluindo uma formação em Ciências Políticas na prestigiada Universidade Harvard, com ênfase em saúde pública. “Estudamos por dois anos epidemias e pandemias”, disse ele.

Dr. Rey ficou conhecido em todo o país por conta do reality show que apresentava na RedeTV!, onde aparecia com a alcunha de Dr. Hollywood, uma espécie de cirurgião plástico das estrelas, sua maior especialidade clínica.

Publicidade

O famoso nega que tenha qualquer tipo de interesse pessoal no Brasil, a não ser o salvamento de vidas, demonstrando preocupação com o atual contexto vivido pela sociedade. Fazendo uma crítica política, disse ser lamentável que o país esteja vivendo uma crise ideológica neste momento de caos na área da saúde.

Publicidade

“O momento que ouvi que o ministro se foi, fui correndo para o aeroporto. Coloquei o jaleco para me comunicar com respeito e fiz os vídeos. Sem dúvidas cometi muitos erros de português na correria, mas meu coração está no lugar certo. Minha nação chora e eu choro com ela”, completou.

Publicidade
Henrique

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.