in

Luciano Huck encontra menina que trocava máscaras por comida e história emociona

Apresentador se emocionou ao encontrar criança de nove anos e sua mãe.

Instagram Luciano Huck / Caras
Publicidade

Muitos internautas se emocionaram com a foto de uma menina segurando uma faixa com os dizeres: “troco uma máscara por um alimento”. A imagem rodou a internet, foi parar em grupos do WhatsApp e causou emoção e comoção. O apresentador Luciano Huck, da Globo, foi um dos que viu a imagem e sentiu tocado por ela.

Diante do que viu, Luciano Huck decidiu ir atrás da menina e tentar entender a história por trás da foto que viralizou na internet. O que se descobriu é que a menina se chama Ana Júlia e tem apenas nove anos. A mãe dela, Silva, tem 30, e vendia picolé na praia. Com a pandemia causada pelo novo coronavírus, muitas prefeituras não estão permitindo acesso às praias.

Sem poder trabalhar, Silvana se deparou com a realidade de muitos brasileiros: não tinha mais nada nos armários de sua casa. Por isso, Ana Júlio foi ao semáforo tenta arrumar alimentos e estava trocando máscaras, tão necessárias neste momento, por comida.

Publicidade

Publicidade
Publicidade

Luciano Huck compartilhou um vídeo em sua conta oficial no Instagram explicando o caso. “Essa menina no semáforo me tocou muito o coração, e eu falei: ‘Não dá!’. Não pode estar acontecendo, é muito desumano isso nesse momento”, afirmou. O apresentador chegou até elas com a ajuda de uma amiga e conversou com Silvana por videoconferência. A mulher ficou muito emocionada ao ser procurada por Huck.

O apresentador do Caldeirão do Huck, exibido aos sábados pela Rede Globo, disse que vai fazer o máximo possível para ajudar a família a atravessar a fase difícil que estão vivendo em meio a pandemia do coronavírus.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br